PUBLICIDADE
Notícias

Procon divulga preços praticados em março nos supermercados da Capital

Batata, alho, cebola, pimentão, laranja e itens de higiene pessoal, como o sabonete, estão entre os produtos que mais sofrem variação de preços. Os dados foram coletados nos últimos dias 20 e 21 em 10 supermercados da Capital.

21:30 | 24/03/2017
A pesquisa do Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) de Fortaleza, que é realizada todos os meses em supermercados da Capital, constatou que, em março, a batata foi o item que mais variou de preço entre os supermercados pesquisados. A raiz foi encontrada de R$ 1,59 a R$ 4,98, uma diferença que chega a 213,21%. Já o quilo da carne bovina foi o item que menos variou de preço, sendo encontrado de R$ 29,99 a R$ 31,89, o que confere 6,34% de variação. Os dados foram divulgados nesta sexta, 24. 

O Procon Fortaleza divide os itens entre alimentos de primeira necessidade, produtos de higiene pessoal, de limpeza doméstica e ainda de cuidados infantis.

A diretora do Procon Fortaleza, Cláudia Santos, faz um alerta sobre produtos que estão sob investigação da Polícia Federal na Operação Carne Fraca. "Diante da divulgação de quais lotes e produtos sejam encontrados irregularidades, consumidores poderão solicitar a devolução de valores pagos ou a troca de produtos por outros em condições adequadas para o consumo", orientou.

Caso a troca ou devolução dos valores não ocorram espontaneamente pelos estabelecimentos, os consumidores prejudicados deverão procurar o Procon Fortaleza para registrar reclamação.

O Procon Fortaleza faz algumas recomendações aos consumidores: 
* Pede que seja observada a data de validade dos produtos que estão com preços promocionais, porque costumam estar com datas próximas do vencimento. 
* Ter o hábito de levar uma calculadora, colocando, primeiro, no carrinho os itens de primeira necessidade, e avaliar quanto ainda resta para ser gasto com outros produtos, sem ultrapassar o valor previsto para a compra. 
* Evitar ir às compras com fome e acompanhado de crianças. * Opte por preços de marcas mais baratas, atentando, é claro, para a qualidade dos produtos. 
* Exija o preço anunciado em encartes publicitários. 
*Se houver divergência entre o preço da prateleira com o preço do caixa, pague sempre o menor valor.


Maiores variações (acima de 100%)
PRODUTO   MENOR   MAIOR VARIAÇÃO
Batata     R$ 1,59     R$ 4,98              213,21%
Alho   R$ 14,50     R$ 43,90                  202,76%
Cebola   R$ 1,48     R$ 3,98     168,92%
Pimentão    R$ 2,98     R$ 7,99     168,12%
Laranja    R$ 2,29     R$ 4,99     117,90%
Sabonete    R$ 0,80     R$ 1,69     111,25%
 
Redação O POVO Online 

TAGS