PUBLICIDADE
Notícias

Presa quadrilha responsável por fraudes que chegam a R$ 10 milhões

Grupo invadia casas que seriam leiloadas pela Caixa Econômica Federal e negociava os imóveis com vítimas, recebendo veículos, dinheiro e outros bens como pagamento

20:42 | 24/03/2017

A Polícia Civil desarticulou um grupo criminoso envolvido em um esquema fraudulento que chega a quantia de R$ 10 milhões. Dois homens e uma mulher foram presos e vários veículos apreendidos. As informações foram divulgadas nesta sexta-feira, 24, pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).


As investigações tiveram início acerca de um mês após os policiais realizarem buscas sobre a venda fraudulenta de um veículo troller, segundo o delegado responsável pelo caso, o titular do 2º Distrito Policial (DP), Dionísio Amaral. "A vítima nos procurou para relatar o fato, então passamos a investigar e descobrimos toda a trama criminosa", disse ele.


A Polícia descobriu que o trio está envolvido em vários esquemas criminosos, como uma empresa de blindagem localizada no bairro Aerolândia, em nome de um agricultor morto em 2010.


A operação prendeu Rogério Leitão dos Santos, 39 anos, que já responde por porte ilegal de arma de fogo, apontado como o chefe da quadrilha; Patrícia Alves de Oliveira Freitas, 23, que responde por ameaça; e Francisco Isaias Luz, 59.


De acordo com o delegado Dionísio, o grupo invadia casas que seriam leiloadas pela Caixa Econômica Federal e negociava os imóveis com vítimas, recebendo veículos, dinheiro e outros bens como pagamento. Além dos três presos, outras duas pessoas, um homem e uma mulher - companheira de Rogério -, estão com mandados de prisão em aberto. No total, foram apreendidos dois caminhões, uma patrol (um tipo de trator), seis veículos de luxo, além de uma arma calibre 38, documentos e computadores - que deverão passar por perícia.

TAGS