PUBLICIDADE
Notícias

"Bloco da Inclusão": festa com respeito às diferenças e limitações

A organização Mão Amiga, que atende 350 jovens com distúrbios neuropsicomotores, promove festa de Carnaval nessa terça-feira, no Ginásio Poliesportivo da Parangaba

22:30 | 20/02/2017
Ocorre nessa terça-feira, 21, a segunda festa de Carnaval organizada pela Mão Amiga, instituição especializada em neuroreabilitação de pessoas com deficiência. A partir das 14 horas, no Ginásio Poliesportivo da Parangaba, o Bloco da Inclusão mostra que com respeito às diferenças e limitações de cada um todos podem divertir-se. Como resume o lema da festa: "Na folia, a inclusão é show".

"Muitas são às vezes, que as mães de pessoas com deficiência deixam de oportunizar momentos de lazer e diversão para seus filhos em razão da falta de programas apropriados", lamenta a coordenadora da Mão Amiga Elzivone Magalhães. "O bloco é pensado para acolher todas as pessoas, sem exceção, independente de cor, classe social e condições físicas e psicológicas, além de estimular a interatividade entre pais e filhos e viabilizar a retomada das atividades sociais das famílias com as crianças, através da festa de Carnaval", completa.

O Carnaval é animado pelo grupo de animação infantil Jujubanda e ainda conta com brincadeiras e atividades lúdicas, como pinturas faciais. Uma lanchonete atende os foliões, cujo lucro será revertido para o pagamento das despesas do evento.

Cerca de 350 crianças e adolescentes com distúrbios neuropsicomotores são atendidos pela Mão Amiga. A organização oferece serviços como acompanhamento médico e terapia funcional, visando reeducar funções físicas, cognitivas e sensoriais. Além disso, trabalha os aspectos sócio, familiar, educacional, de saúde, cultural e de lazer.
 
Serviço
Bloco da Inclusão
Terça-feira, 21, das 14 às 17 horas
Ginásio Poliesportivo da Parangaba —  Av. Gen. Osório de Paiva – Parangaba
Mais informações em: (85) 3099-3131 / 98947-7820 
Redação O POVO Online
TAGS