PUBLICIDADE
Notícias

Vítimas de assalto são novamente roubadas quando voltavam de delegacia

Eles haviam sido assaltados na sexta-feira, 13, e buscavam retificar, pela segunda vez, uma informação do boletim de ocorrência referente a este crime, para terem direito ao seguro do carro

16:00 | 19/01/2017
O transtorno e o pavor de ter o carro roubado não haviam sido sustados quando, novamente, cidadãos fortalezenses se viram à mercê da criminalidade. Eles, que pediram para ter as identidades preservadas, foram assaltados na noite desta terça-feira, 17, quatro dias após terem o carro tomado de assalto. Na segunda ocorrência, eles voltavam do 9° Distrito Policial (9° DP), no bairro Vicente Pinzón, onde tentavam retificar o boletim de ocorrência referente ao roubo de sexta-feira, 13, ocorrido no bairro Papicu.
 [SAIBAMAIS]
Eles estavam em um carro emprestado, quando foram abordados, no bairro Dunas, por quatro pessoas armadas — que as vítimas suspeitam serem adolescentes —, tendo vários pertences pessoais subtraídos, como celulares, bolsas e carteiras. Tentavam editar o BO pois, para que fossem indenizados, a seguradora do carro exigia cópia do documento do veículo, que estava no carro levado de assalto e não havia sido relatado na primeira queixa.
 
Era a segunda vez que buscavam realizar o procedimento. Na primeira vez que tentaram, foram informados de que apenas o escrivão que registrou o boletim poderia alterá-lo — já que o documento fica anexado à matrícula dele. Assim, eles voltaram ao 9° DP, por volta das 22 horas desta terça, horário em que o escrivão trabalhava. Minutos antes de serem assaltados novamente, haviam sido informados de que a peça já havia sido transferida para a Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos (DRFV), no bairro Maraponga. Na tarde desta quarta-feira, 18, finalmente, o documento foi retificado, na DRFV.

Nenhum suspeito dos crimes foi encontrado até o momento. Na terça-feira, as vítimas contam terem sido informadas de que, "infelizmente", pouco poderia ser feito por elas, já que apenas dois policiais estavam de plantão na delegacia e estes precisavam guardá-la e fazer a custódia dos presos lá detidos.

No assalto de sexta-feira, um homem armado abordou as vítimas no momento em que o carro era parado para o embarque de uma delas. Eles ainda dirigiram por seis quarteirões até que o criminoso ordenasse que deixassem o veículo. No carro, ainda estavam o celular e a carteira, com dinheiro, de uma das vítimas. 

Serviço
A placa do carro levado no assalto — um Toyota Etios Sedan XLS 2013, de cor prata — é OSL 4463. Informações sobre o paradeiro do veículo podem ser repassadas à Polícia pelo número 190 ou pela Delegacia Eletrônica.
 
Redação O POVO Online 
TAGS