PUBLICIDADE
Notícias

Quadrilha é presa após tentar fugir pulando muro de residências na Aldeota

Dos quatro presos, todos possuem mais de três antecedentes criminais por roubo. Um deles responde na Justiça a oito procedimentos pelo artigo 157

19:44 | 12/01/2017
Todo o material apreendido foi recuperado
Todo o material apreendido foi recuperado
Uma quadrilha foi flagrada pela Polícia Militar enquanto tentava fugir de uma construtora na Rua João Cordeiro com Rua Coronel Alves Teixeira, por volta das 15 horas desta quinta-feira, 12.

[FOTO1]Segundo o major Hideraldo Beline, a Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops) acionou sobre o assalto em andamento. “Quando visualizamos a construtora a viatura permaneceu posicionada. Quando os criminosos saíram do estabelecimento foram abordados e detidos”, afirmou o oficial.

 Segundo um funcionário do estabelecimento que pediu para não ser identificado, os homens se passaram por clientes. "Chegaram e tocara a campainha e se identificaram procurando o proprietário, como se conhecessem, a gente liberou a entrada e eles anunciaram o assalto lá em cima. Percebi nas câmeras e chamei a Polícia", relatou.

 Conforme outra funcionária que também pediu para não ser identificada, eram quatro homens, mas existiam aproximadamente dois carros de apoio. Ela disse que sete funcionários estavam no na construtora no momento do crime, sendo duas mulheres. Ela diz que todos os criminosos foram reconhecidos e que agiam com bastante violência e diziam que iam matar as vítimas. "Levaram celulares, relógio, aliança, mas foi tudo recuperado", relatou.

Conforme o major Hideraldo Beline, os criminosos tentaram fugir pulando o muro das casas. Foi apreendido R$ 10 mil em espécie, além dos três revolveres calibre 38, todos municiados. Foram presos Jhonata Nunes de Oliveira, 25, que responde na Justiça por cinco crimes de roubo, dois homicídios, receptação e formação de quadrilha, Mário Wesley Pereira Amorim, de 22 anos, que possui três antecedentes de roubo, receptação e formação de quadrilha.

Além deles também foi preso Lee Majors Galvão Oliveira, 27 anos, que responde na Justiça por oito crimes de roubo e quatro formações de quadrilha e Alan Nicolau de Oliveira, de 22 anos, que responde por seis crimes de roubo e uma formação de quadrilha.

 O grupo foi levado ao 2º Distrito Policial (Aldeota), onde a delegada plantonista, Roberta Bruno Frota, realizou o flagrante por roubo e qualificado e formação de quadrilha.
TAGS