PUBLICIDADE
Notícias

Ceará realiza 7,4% a mais de cirurgia em 2016

Em 2016, cerca de 55 mil pacientes passaram por cirurgias e quase 100 mil pessoas foram internadas em hospitais estaduais

09:42 | 30/01/2017
No ano passado, os hospitais da rede pública do Governo do Estado realizaram 55.903 cirurgias, 7,4% a mais de pacientes atendidos em relação a 2015. O número de internações em dez hospitais públicos da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa) também aumentou em 6.323, passando de 92.565 em 2015 paara 98.888 em 2016. O número de cirurgias superou o ano anterior em 3.573. Os números foram apresentados na manhã desta segunda, 30, na sede da Sesa, na Praia de Iracema.
 
Apesar dos números, na semana passada, O POVO publicou matéria com o caso de uma paciente que foi atropleda em Forquilha, sofreu uma fratura na bacia e aguarda há mais de 5 meses por uma cirurgia.

"Podemos dizer que também atendemos melhor, pois tivemos uma mortalidade intra-hospitalar 3% menor. Isso representa quase uma vida a menos peerdida por dia, comparativamente", informou o titular da Sesa, Henrique Javi.

Outro assunto importante na coletiva foi a apresentação do número de transplantes. O Ceará bateu o recorde em 2016, com 1.866 cirurgias do tipo realizadas, além de zerar a fila de espera para transplante de córnea. Esse tipo de intervenção cirúrgica chegou a 1.260 casos no ano passado. Os transplantes de rim, somaram 257; os de fígado, chegaram a 195; 32 transplantes de coração foram realizados.
 
Além disso, foram feitos seis transplantes de pulmão e 97 de medula óssea. O Ceará fica todos os anos entre os estados que mais realizam transplantes, com recordes sucessivos. Em 2014, foram 1.399 cirurgias do tipo e, no ano seguinte, 1.433.
 
Redação O POVO Online 
TAGS