PUBLICIDADE
Notícias

Durante perseguições, criminosos lançam granada e viatura colide em poste

Artefato não explodiu. Na colisão, uma policial foi encaminhado ao IJF por precaução e outro teve escoriações leves

09:50 | 03/12/2016
NULL
NULL

[FOTO1]

Atualizado as 12h30min

Uma viatura do Ronda do Quarteirão colidiu em um poste durante uma perseguição a suspeitos em uma moto, por volta das 6 horas deste sábado, 3, no bairro Vila Velha. Quatro policiais militares (PMs) estavam no veículo no momento do acidente; uma policial foi encaminhada ao Instituto Dr. José Frota (IJF), com suspeita de traumatismo craniano, mas não corre risco.

 

Segundo informações do capitão Alano Timbó, o motorista perdeu o controle durante uma curva. A policial lesionou a cabeça e, queixando-se de tonturas e dor de cabeça, foi encaminhada ao IJF "por precaução". "Aparentemente, pelas últimas informações que recebemos, ela está bem. Está realizando exames protocolares", conta o comandante da 5ª Companhia do 1º Batalhão de Policiamento Comunitário (5ªCia/1º BPCom), unidade a qual pertencia a viatura. Um outro policial teve escoriações leve.

 

Já na Barra do Ceará, ainda nesta manhã, policiais, também em perseguição, tiveram uma granada arremessada contra si — o artefato, no entanto, não explodiu. Inicialmente, O POVO Online havia publicado que o episódio ocorreu na mesma perseguição aos suspeitos do bairro Vila Velha. Mas a assessoria da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) esclarece ser casos distintos.

 

[FOTO2]

 

"O Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) foi acionado para retirar o explosivo do local com segurança e foi verificado que a granada pertence à carga do Exército Brasileiro", divulgou, em nota, a SSPDS. Os policiais haviam avistado dois homens com uma arma de fogo em uma moto indo em direção à comunidade do Gueto, na Barra do Ceará. Até o momento, nenhum suspeito foi localizado.

 

Redação O POVO Online
TAGS