PUBLICIDADE
Notícias

Movimento Emaús inicia campanha para assistir 100 famílias em Natal Solidário

A ONG precisa de mantimentos que compõem a cesta básica para atuar na comunidade que vive próximo ao lixão de Maracanaú

16:00 | 06/12/2016
NULL
NULL

[FOTO1] Através da reciclagem a ONG Movimento Emaús Amor e Vida gera renda para atuar em projetos sociais na comunidade Colônia Antônio Justa, em Maracanaú. “A gente atua no ‘pé’ do lixão”, conta o presidente da instituto, Leon Magno Silva de Sousa. Ele explica que durante as ações no local, as necessidades foram surgindo com mais intensidade a cada contato. Por isso, além da ceia de Natal oferecida no próximo dia 23 e atividades recreativas para as crianças, a entidade pretende levar cestas básicas para 100 famílias.

 

"Na Colônia, começamos uma escolinha de futebol e sopa. No dia, levamos comida e 'pula-pula', esse ano a gente identificou a questão da fome, era para ser só para crianças, mas termina mãe", conta Leon. Os interessados em contribuir podem fazê-lo até o próximo dia 20.

 

Os alimentos necessários são os que compõem a cesta básica, com uma necessidade especial de feijão, já que até o momento a maioria das doações têm sido de arroz. O presidente explica que mesmo que não consigam a distribuição exata para completar as 100 doações de maneira uniforme, eles têm o apoio de uma distribuidora que aceitou ajudar na troca dos mantimentos, caso seja necessário.

 

As doações podem ser deixadas na instituição ou ser solicitada a coleta na residência do voluntário por telefone (número e endeço no fim da matéria).

 

Projeto

 

Com a reforma de eletrodomésticos, móveis e outros artigos, a entidade realiza um bazar em Maracanaú aos sábados - comércio que reverte o dinheiro para as diversas atividades: escolinha de futebol com 36 crianças do bairro, acolhimento de moradores de rua e outras de cunho socioeducativo.


“Nós aceitamos qualquer ajuda. Se eu te perguntar se você tem alguma coisa encostada na sua casa, que você não usa há algum tempo, com certeza dirá que tem”, explica Leon. Ao ser doado um objeto, ele passa pela reforma através de voluntários que recebem remuneração por isso, gerando assim, um emprego informal. Após a restauração ele é vendido a preço popular, oferecendo oportunidade de aquisição de um bem às pessoas de baixa renda. Esta cadeia de generosidade encerra-se quando a verba arrecadada volta para a comunidade através dos projetos sociais.  


O Movimento Emaús Amor e Vida atua no Ceará desde 1992 como um desmembramento do projeto fundado na França pelo religioso francês Abbé Pierre em 1949. Na Capital, existem três sedes nos bairros Vila Velha, Pirambu e Maracanaú.

 

Serviço

 

Doação para Movimento Emaús Amor e Vida

Quando: Até o dia 20 de dezembro de 2016

Onde:  Avenida VIII nº 619 Jereissati I,
Maracanaú ou 85 32151691 – 85 30150101 ou WhatsApp 85 98746 24 99

 

[VIDEO1] 

 

 

TAGS