PUBLICIDADE
Notícias

Recém-nascido é raptado do Gonzaguinha de Messejana e encontrado na Aerolândia

Criança foi encontrada na residência de uma das suspeitas do rapto. Uma mulher foi presa em flagrante

18:37 | 20/11/2016

Um bebê recém-nascido foi encontrado após ter sido raptado do Gonzaguinha de Messejana, por volta das 11h30min deste domingo, 20, por duas mulheres. Equipes da Guarda Municipal de Fortaleza e da Polícia Militar (PM) encontraram a criança horas depois na casa de uma das suspeitas, na avenida Raul Barbosa, no bairro Aerolândia.

[SAIBAMAIS]O recém-nascido estava em um leito do hospital, quando uma tia da criança notou a sua ausência. Uma assistente social da unidade hospitalar entrou em contato com o subcomandante da Guarda Municipal, Fábio Aquino, que acionou duas viaturas da Inspetoria de Proteção Urbana (Iprotu). A partir disso, as buscas pelo bebê foram iniciadas.


Segundo o guarda municipal da Iprotu, Heloilson Lopes, a equipe verificou as imagens do circuito interno de segurança e flagrou toda a ação criminosa realizada por duas mulheres. Uma delas ficou no corredor observando a movimentação, enquanto a comparsa entrou no leito e pôs a criança dentro de uma bolsa. Em seguida, a dupla deixou o hospital.


Por meio das filmagens, as duas mulheres suspeitas foram reconhecidas pela tia do bebê, que informou ter visto a dupla próxima ao leito onde a criança se encontrava. Uma das suspeitas usava uma barriga postiça, conforme o guarda Heloilson.


Devido ao cadastro feito por uma das suspeitas para entrar no hospital, os guardas municipais conseguiram o endereço dela, identificada como Maria Salete de Lima Vieira, e partiram para o local com o apoio da Polícia Militar (PM). Na casa, estavam apenas o marido e o filho da suspeita, que não souberam informar onde ela se encontrava.


Entretanto, o filho de Salete informou aos policiais o endereço da irmã, no mesmo bairro. A moça deu a localização da casa da comparsa de Salete, na avenida Raul Barbosa, após ser questionada se conhecia uma mulher com as características da suspeita que, até então, não tinha sido identificada pela Polícia.


As equipes da PM e da Guarda Municipal foram até o imóvel indicado e encontraram a criança em um cômodo da residência. Salete estava no local e foi presa em flagrante, sendo levada para a Delegacia da Mulher. Duas filhas da outra suspeita, que estavam na casa, também foram encaminhadas para a unidade de Polícia para prestarem esclarecimentos.


De acordo com o agente Heloilson, havia um pequeno enxoval na residência. A criança raptada foi levada novamente para o hospital Gonzaguinha da Messejana. A comparsa de Salete ainda não foi encontrada.

TAGS