Participamos do

Integrante do PCC é condenado a seis anos de prisão na última sexta-feira

O membro do Primeiro Comando da Capital (PCC) foi condenado a seis anos de prisão na última sexta-feira, 11. A decisão é do juiz Ernani Pires Paula Pessoa Junior
19:36 | Nov. 16, 2016
Autor O POVO
Foto do autor
O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A justiça condenou o integrante do grupo criminosos do Primeiro Comando da Capital (PCC), Francisco Miguel Sales da Silva, a seis anos e seis meses de reclusão em regime fechado na última sexta-feira, 11. A decisão partiu do juiz Ernani Pires Paula Pessoa Junior que é titular da 1ª Vara de Delitos de Tráfico de Drogas de Fortaleza. Conforme o juiz, as provas comprovaram que a participação de Miguel Sales na organização e a posse ilegal de arma de fogo.

 

 

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

“Ele integrava a perigosa facção criminosa do PCC, cuja estrutura, hierarquização e ramificação das atividades como objetivo de disseminar a droga de maneira constante, rápida e por diversos lugares”, explicou Ernani. Segundo o Tribunal de Justiça do Estado do Ceará (TJ-CE), o acusado foi detido no fim do ano passado, quando dirigia um carro no bairro Conjunto Ceará, em Fortaleza. Na casa do integrante, localizado na Maraponga, documentos, anotações sobre as finanças do tráfico de drogas, uma pistola 380 foram apreendidos.  

 

Redação O POVO Online

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente