PUBLICIDADE
Notícias

Faixas do túnel da avenida Padre Antônio Tomás sob a Via Expressa são liberadas para tráfego

A obra do túnel tem investimento de cerca de R$ 17 milhões, financiados pela Caixa Econômica Federal. Pequenos acabamentos ainda são realizados nesta semana

14:30 | 23/11/2016

Duas faixas por sentido foram liberadas no túnel da avenida Padre Antônio Tomás sob a avenida Almirante Henrique Sabóia (Via Expressa), nesta quarta-feira, 23. A Secretaria Municipal da Infraestrutura (Seinf) informou que a obra do túnel ainda recebe pequenos acabamentos nesta semana. Agentes de trânsito estarão na área para orientar os motoristas sobre a circulação.

Com a liberação, a passagem de nível da av. Padre Antônio Tomás, no sentido oeste-leste (Centro/Cidade 2000), será bloqueada definitivamente. A Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) diz que os condutores devem utilizar obrigatoriamente o túnel rodoviário para seguir em direção ao Parque do Cocó.

Os condutores que trafegavam na av. Padre Antônio Tomás e dobravam à direita na Via Expressa com destino ao Aeroporto devem entrar à direita na rua Cel. Jucá, à esquerda na av. Antônio Sales, acessando a Via Expressa a partir da alça sob o viaduto ferroviário.

Para o motorista que circula na av. Padre Antônio Tomás, oriundo do Centro rumo ao Papicu, o caminho indicado é seguir no túnel, utilizar a alça da av. Eng. Santana Júnior, e entrar à direita na rua Carolina Sucupira, que terá seu sentido invertido, retornando para a Via Expressa.

Para quem vai do Papicu em direção ao Aeroporto, deve ser utilizado o túnel em direção ao Centro. Em seguida, os condutores podem entrar à direita na Rua Monsenhor Catão e acessar a Via Expressa pela alça sul do túnel Santos Dumont.

A AMC divulga ainda que o condutor que circula na Via Expressa, no sentido sul/norte (Aeroporto/Papicu), não precisará mais realizar o desvio pelas vias Tertuliano Potiguara e Eng. Santana Júnior, podendo seguir pela passagem superior do túnel.

Obras do túnel
A obra do túnel tem investimento de cerca de R$ 17 milhões, financiados pela Caixa Econômica Federal, conforme a Prefeitura de Fortaleza. A obra, com intervenções iniciadas em maio de 2015, incluiu requalificação da via, sistema de drenagem e pavimentação.

Redação O POVO Online com informações da AMC

TAGS