PUBLICIDADE
Notícias

Aplicativo de comidas vegetarianas chega a Fortaleza

A plataforma gratuita está disponível para Android e IOS. Pelo aplicativo é possível identificar produtos veganos e vegetarianos, além de opções sem glúten, orgânicas e sem lactose

20:22 | 01/11/2016
NULL
NULL
[FOTO1]
Fortaleza é a cidade com a maior população vegetariana em relação o total demográfico no País. Foi isso o que chamou atenção da rede Velívery. Trata-se de um aplicativo para pedir online comidas veganas, vegetarianas e saudáveis em Fortaleza. A rede estreou nesta segunda-feira, 31, na Cidade e já conta com a parceria de 13 estabelecimentos. O aplicativo é gratuito e está disponível para Android e IOS.
 
Lara Nicolau, 23, elogia a iniciativa. “Facilita muito a minha vida, ficava horas escolhendo uma opção vegana em outros aplicativos, algum restaurante que tivesse boa opção. É uma questão de finalmente não ignorar o público que existe, porque só quem ganha é quem está investindo”, considera. Ela achou a plataforma organizada e de fácil acesso. “Quero ver as opções se difundirem pela Cidade”, afirma.
 
No aplicativo, os produtos estão identificados por selos que os diferenciam entre vegetarianos ou veganos e apontam quais são produzidos preferencialmente por orgânicos e são livres de glúten, de açúcar e lactose.
 
Benhur Antunes, diretor comercial do Velívery, explica que os negócios tiveram
início em novembro de 2015, em Porto Alegre, e um ano depois chegaram em Fortaleza. Todo o trabalho foi realizado ao lado do sócio Guilherme Ebling, diretor de conteúdo. “Por sermos vegetarianos, nós sabemos que é uma  dificuldade encontrar opções. Às vezes os próprios estabelecimentos são dispersos, existem mas as pessoas não conhecem, a ideia é reunir e  fortalecer o mercado”, afirmou Antunes.
 
Ele afirmou que para a estreia em Fortaleza, foi feita uma pesquisa entre as pessoas vegetarianas e as indicações feitas por elas. “É uma cidade tropical, litorânea e com muito público. Isso chamou nossa atenção. Estamos num processo de cadastro de estabelecimentos e a ideia é crescer ainda mais”, conclui Benhur.
TAGS