PUBLICIDADE
Notícias

Suspeito de envolvimento em morte de policial é preso na Serrinha

Os quatro homens foram interceptados quando estavam em um Celta prata, onde foram encontrados três revólveres de calibre 38, munições e dois celulares

09:27 | 21/10/2016

A Polícia Militar prendeu quatro homens, com três armas de fogo, nessa quinta-feira, 20, no bairro Serrinha. Um deles, identificado como Mario Keyton Almeida de Sousa, 22, foi apontado como um dos envolvidos na morte do policial civil Antônio Márcio Rios de Souza, em junho de 2015.

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social informa que Keyton responde por latrocínio, porte ilegal de arma de fogo e receptação, além de ser foragido da unidade prisional Desembargador Francisco Adalberto Barros de Oliveira Leal, conhecida como "Carrapicho".

Os outros presos foram identificados como Antonio Artur Marques Dias, 21, que responde por roubo e porte ilegal de arma de fogo; Francisco Lucas Oliveira de Paula, 18, que responde procedimentos policiais por roubo e furto; e Paulo Victor Carnauba da Silva, 31, que responde por porte ilegal de arma de fogo.

Os quatro homens foram interceptados quando estavam em um Celta prata, onde foram encontrados três revólveres de calibre 38, munições e dois celulares. O grupo foi levado ao 11º Distrito Policial e autuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo.

Assassinato
O inspetor da Polícia Civil, Antônio Márcio Rios de Souza, morreu após reagir a uma tentativa de assalto a uma lan house na rua João Tomé, no Monte Castelo. Ao trocar tiros, ele atingiu um dos assaltantes, que também morreu em seguida. Na época, Mario Keyton e outro suspeito foram presos depois de cerco montado pela Polícia.

 
Redação O POVO Online
TAGS