PUBLICIDADE
Notícias

Psicanalista realiza projeto que aborda a inteligência emocional na rede pública de ensino

Andreia Lima desenvolve um trabalho voluntário ajudando professores e alunos do ensino médio a lidarem com as emoções

18:22 | 21/10/2016
NULL
NULL

[FOTO1] Para ensinar adolescentes e professores a conviver harmoniosamente com as quatro emoções básicas do ser humano - alegria, medo, raiva e tristeza -, a psicopedagoga e psicanalista Andreia Lima desenvolve o projeto social “Psicomorfose” nas escolas públicas da Capital cearense.


A proposta é um desdobramento de uma iniciativa da profissional no fim da década de 1990 – o instituto Ruama - que oferece atendimento psicológico gratuito para dependentes químicos. “Nas escolas, falo sobre a inteligência e o analfabetismo emocional. Devido à questões como bullyng e violência, os professores e alunos estão exaustos e acabam partindo para violência física ou verbal”, explica Andreia.


Nesta sexta-feira, 21, o projeto Psicomorfose foi à escola pública estadual Hilza Diogo, no bairro Vila Velha, para atuação do projeto com adolescentes do ensino médio. O professor do colégio há dois anos, Harysson Augusto Primo Arrais, de 37 anos, explicou ao O POVO Online a importância de projetos como esse na rede pública de ensino.

“O projeto é muito interessante e é importante que seja levado a mais escolas, porque muitas vezes os alunos da escola pública têm, além da insegurança financeira, baixa auto-estima, e isso reflete no comportamento que, às vezes, é interpretado com indisciplinado ou preguiçoso, mas quando analisando a fundo,  tem a ver com o lado emocional”, explica.

O projeto iniciou no último dia 14 na escola municipal Patativa do Assaré, no bairro Alvaro Weyne. Na ocasião, a psicanalista atuou com os professores da instituição em uma dinâmica que dividia os professores em categorias emocionais, por exemplo: raiva ou estresse, e depois conversava com eles em formato de terapia em grupo.


Andreia explica que prioriza estudantes do ensino médio pelo momento de conflitos interpessoais dos adolescentes, já os professores, pela rotina exaustiva. A profissional conta sobre a metodologia que envolve o lúdico, em que ela usa o filme “Divertida Mente”.

”Trabalho com o filme que fala justamente das emoções dos personagens e vou conversando, explicando como lidar com os sentimentos de medo, raiva e esclarecendo os pontos positivos de cada emoção”, explica.

O projeto conta com os coaches Gilberto Lima e Lailton Barbosa. A psicanalsita busca parcerias e pessoas que queiram se envolver no Psicormorfose. O trabalho acontece mensalmente nas escolas das redes públicas. Para mais informações, os interessados podem contatá-la através do telefone: 085 98760 5026 ou  4106 5026, ou e-mail: miss.andreialima@icloud.com.

Também nas redes socais Instagram: https://www.instagram.com/dra.andreialima/ e Facebook: https://www.facebook.com/draandreialima. A profissonal tem um canal noYoutbe chamado Psicomorfose que aborda a temática inteligência emocional: https://www.youtube.com/watch?v=bSfekGMBkGM.

Psicomorfose


O nome que dá vida ao projeto tem como inspiração o Livro de Andreia Lima, que fala sobre “o processo de modificar e reorganizar a mente e transformou-se em uma Terapia Intensiva de três dias”. [FOTO2]

TAGS