PUBLICIDADE
Notícias

Grupo contra o aborto caminha pela avenida Beira-Mar

Participaram do momento personalidades religiosas e culturais

19:52 | 08/10/2016
NULL
NULL
Contra o aborto e a favor da vida. Assim se posicionam os militantes que caminharam pela avenida Beira-Mar na tarde deste sábado, 8. Participaram do momento personalidades como o bispo auxiliar de Fortaleza, dom Rosalvo Cordeiro, e a cantora Elba Ramalho.

O grupo não abre brecha para exceções. Referente às situações de estupro, Elba considera que "a criança não pode ser aquela que vai pagar pelo ato". Ao que dom Rosalvo reforça: "ninguém nasce sem que Deus permita. Deus coloca ali uma alma, uma vida. Não existe corpo por si só".

A marcha ocorreu das 17 horas às 18h30min e foi acompanhada por agentes da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC). Em cima do trio elétrico que guiou o percurso (do espigão da avenida Rui Barbosa ao Náutico), artistas convidados entoavam frases de efeito e canções que enaltecem a vida.

No meio da multidão, pequenos grupos vestidos de azul e amarelo portavam bandeiras de campanha dos candidatos à Prefeitura de Fortaleza, o prefeito Roberto Cláudio (PDT) e o deputado estadual Capitão Wagner (PR). Ao ver os militantes, Elba pediu, de cima do trio elétrico, que as bandeiras fossem retiradas. "A causa é apartidária", falou.

Legalização do aborto

É possível que o Supremo Tribunal Federal (STF) julgue até o fim deste ano a legalização do aborto em mulheres grávidas infectadas pelo zika vírus — o que pode vir a causar microcefalia. Fernando Lobo, organizador da marcha e integrante do Movimento em Favor da Vida e Não Violência (Movida), disse que a legalização "é no mínimo discriminação com a pessoa que tem deficiência".

Redação O POVO Online
TAGS