PUBLICIDADE
Notícias

Mulher morre após ser baleada por PM em abordagem policial

17:10 | 02/09/2016

Atualizada às 20h50min

Uma mulher morreu após ter sido baleada durante uma abordagem policial realizada na manhã desta sexta-feira, 2, na comunidade da Embratel, na Praia do Futuro. Segundo informações preliminares da Polícia, um disparo acidental da arma de um policial militar do Batalhão de Policiamento Turístico (BPTur) atingiu a cabeça da vítima,

O comandante do BPTur, tenente-coronel Weberton Gomes, disse que a mulher estava em estado de embriaguez e bateu no braço do PM com um objeto, fazendo a arma disparar. Ela foi socorrida a um hospital na viatura da composição policial. “Uma testemunha disse que ela não morava lá, o inquérito do caso será aberto da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa”, disse ele.

Moradores da região realizaram um protesto por volta das 11h na avenida Dioguinho, bloqueando a via. A situação foi normalizada no local, segundo a Polícia Militar (PM).

Em nota, Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou que os policiais envolvidos na ocorrência que resultou na morte da mulher se apresentaram espontaneamente e foram ouvidos na sede da DHPP.

O inquérito foi instaurado, a arma foi apreendida, e um homem que testemunhou o caso prestou depoimento. A SSPDS disse que quatro policiais do BPTUR estavam abordando quatro homens na comunidade, quando, segundo eles, uma mulher teria chegado gritando com os agentes e ameaçando-os com um cabo de vassoura.

''O corpo da mulher foi encaminhado para a Perícia Forense do Ceará (Pefoce), onde será feito o exame cadavérico além do  toxicológico para atestar a condição relatada pelas testemunhas", completou a SSPDS.

Redação O POVO Online
TAGS