PUBLICIDADE
Notícias

Fortaleza recebe Simpósio Internacional de Prevenção do Suicídio

Hoje e amanhã os eventos realizados pela CVV estimulam o debate, a difusão e a conscientização sobre o assunto com participação do Movimento Setembro Amarelo; saiba mais

18:19 | 08/09/2016
Uma ilustração em que a silhueta de um homem de braços abertos  se sobrepões a um fundo amarelo, e a frase: Falar é a melhor solução.
Uma ilustração em que a silhueta de um homem de braços abertos se sobrepões a um fundo amarelo, e a frase: Falar é a melhor solução.

[FOTO1]Acontece hoje às 19 horas o debate “As dificuldades da abordagem do suicídio na mídia” no Hotel Recanto Wirapuru, localizado na avenida  Alberto Craveiro, 2222, no bairro Dias Macedo. O Evento compõe o VI Simpósio Internacional de Prevenção ao Suicídio, que acontece nesta sexta-feira, 09, no mesmo local às 14 horas. Organizados pelo Centro de Valorização da Vida realiza (CVV) para integrar à campanha Setembro Amarelo, o evento chega pela primeira vez na região nordeste e é aberto ao público e gratuito.

O simpósio conta com a partipação do colunista do Jornal O POVO e apresentador do Debates do Povo na Rádio O POVO CBN, Plínio Bortolotti, e os convidados: Robert Gellert Júnior (presidente do CVV), Nilza Viana (voluntária do CVV) e Fábio Gomes de Matos (psiquiatra). Para aproveitar a data e divulgar a causa da prevenção do suicídio, o CVV realiza desde 2011 um Simpósio Internacional de Prevenção do Suicídio, estimulando o debate, a difusão e a conscientização sobre o assunto e participação do Movimento Setembro Amarelo (www.setembroamarelo.org.br)

[SAIBAMAIS]Conheça o CVV

O Centro de Valorização da Vida atua há 54 anos no Brasil e 30 no Ceará prevenindo o suicído. A associação civil não tem fins lucrativos e é filantrópica, reconhecida como de Utilidade Pública Federal desde 1973. Como procurá-los: quem estiver precisando de apoio emocional, encontra os voluntários através do número de telefone 141, e será atendido sob total sigilo.
A coordenadora e voluntária do no Ceará, Rose Gomes, explica como eles ajudam pessoas que estão com ideação de suicídio. “Trabalhamos 24 horas, com prevenção ao suicídio, atendendo as pessoas e aceitando a maneira que ela é, sem preconceitos e julgamento”, ela reforça que na ligação eles ouvem de maneira atenciosa e buscam não só entender a situação, mas mostrar outras alternativas de lidar com ela, "em muitas vezes, só desabafar já ajuda”, diz.

Segundo a voluntária, eles atendem por mês em torno de 1.500 ligações. Ela conclui: “no mundo, a cada 40 segundos uma pessoa morre vítima de suicídio, e no Brasil a cada 45 minutos, se essas pessoas tivessem um apoio emocional isso poderia ter sido evitado”.

Serviço

Debate “As dificuldades da abordagem do suicídio na mídia”

Quando: quinta-feira, 08 às 19 horas

Onde: Hotel Recanto Wirapuru, localizado na avenida  Alberto Craveiro, 2222, no bairro Dias Macedo

*Entrada gratuita

VI Simpósio Internacional de Prevenção ao Suicídio

Quando: sexta-feira, 9, às 14 horas

Onde: auditório do Hotel Recanto Wirapuru, localizado na avenida Alberto Craveiro, 2222, no bairro Dias Macedo

*Entrada gratuita, inscrições e mais informações pelo site: http://www.cvv.org.br/

Centro de Valorização da Vida

Telefone: 141

 

TAGS