PUBLICIDADE
Notícias

Menino escolhe homenagear os amigos garis em seu aniversário de 5 anos

Pedro assiste aos garis correndo nas ruas do Conjunto Ceará. A amizade cresceu e os coletores foram também homenageados na festa de aniversário do pequeno, no último sábado, 13

22:20 | 16/08/2016
NULL
NULL

Folhas de jornal formavam o painel decorativo, caixas de leite eram parte das lembrancinhas e garrafas pet viraram brinquedo. A festa de aniversário de Pedro Henrique Oliveira fugiu dos temas de desenhos animados da TV ou super-heróis. No último sábado, 13, a comemoração dos 5 aninhos do menino foi também homenagem aos garis que ele passou a chamar de amigos, depois de vê-los correndo na ruas do Conjunto Ceará, algumas vezes por semana.


“Desde os 3 anos, quando ele escutava o barulho (do caminhão) perguntava pra que servia. Há um ano, aproximadamente, essa curiosidade aumentou, depois que a gente mudou de endereço. Ele queria esperar o carro do lixo e dar tchau para os garis”, conta a mãe de Pedro Henrique, Luiza Oliveira, ao O POVO Online.

Luiza trabalha fazendo bolos e ensinou ao filho que “dar um bolo a alguém é dar amor”. Um dia, Pedro quis dar amor aos amigos. “Mãe, eles correm tanto, pegam o lixo e merecem um bolo de chocolate”, disse o pequeno à mãe, que em seguida preparou. Os garis amigos de Pedro nem entenderam no começo, mas aquele era um presente mais que verdadeiro, era um amor.

O aniversário de Pedro
Em maio, começaram os preparativos para os 5 aninhos do garoto. Luiza então perguntou ao filho qual tema ele queria para comemorar o aniversário. “Eu quero o carro do lixo, mamãe”, disse o pequeno, bem explicado, com toda certeza. “Mas isso não é tema de aniversário”, respondeu a mãe. Depois de alguns dias, a pergunta foi feita outra vez: “De que você quer a festinha, Pedro?”, insistiu ela. A resposta não mudou.

Mais dias se passaram e pela terceira vez: “Qual super herói você quer no aniversário?”, insistiu Luiza. “Eu já disse que quero do carro do lixo, mamãe. Meus amigos são super-heróis!”. Ali a mãe aceitou. Mais tarde, naquele mesmo dia, o pequeno esperou pelos amigos no portão e então os convidou.

Claro que eles foram. Tancredo, Acrísio e Clairton estiveram na festa, realizada no último sábado, 13. Eles levaram presentes, entre eles a surpresa da Ecofor: uma farda igualzinha à dos coletores, preparada sob medida para Pedro. Educadores ambientais da empresa também participaram da festa, levando revistinhas interativas e um jogo educativo para as crianças.

[FOTO4]


A decoração foi preparada por Luiza com materiais recicláveis. Potes de margarina viraram bombonière e latas de leite condensado foram porta-lápis, por exemplo. “O Pedro não tem besteira com nada”, diz ela.

[FOTO2]


Apoio
A mãe pediu ajuda no grupo “Alguém conhece alguém que” do Facebook. O objetivo era conseguir reciclar flores de casamentos das datas próximas à festa.  Daria certo já que houve solidariedade à ideia, mas Luiza adiou a data e desistiu do pedido.

Mesmo assim, agradeceu posteriormente o apoio, confirmando o sucesso do evento. Foram mais de duas mil curtidas na postagem e dezenas de comentários elogiando o tema.

Dias depois da festa, Pedro continua contando a quem vê: “Ei, sabia que meu aniversário foi do carro do lixo?”.

[FOTO3]

TAGS