PUBLICIDADE
Notícias

Sócio de barraca de praia pede desculpas por incidente com universitária e ambulante

Jovem disse que sua conta na barraca foi cancelada após oferecer caranguejo para ambulante. Estabelecimento pediu desculpas e reafirma respeito à Lei Federal

16:16 | 05/07/2016

O sócio-proprietário da Guarderia Brasil, Rubens Barrocas, pediu desculpas aos clientes da barraca pelo incidente envolvendo uma universitária e um ambulante. O vídeo com o pedido foi feito durante discotecagem, no último sábado, 2, e está circulando nas redes sociais nesta semana.

"Eu queria pedir perdão a todos vocês, principalmente a Luana e ao Odailson. A Guarderia errou", disse ele. O sócio também afirma que a barraca "não é um lugar de semear inveja, preconceito".

O caso ganhou repercussão nas redes sociais depois que a universitária Luana Nobre relatou ter sido "convidada a se retirar" da barraca porque convidou um vendedor de sanduíches para comer caranguejo com ela. Ela foi informada pelo garçom que o ambulante não poderia ficar ali.

Após o incidente, o empresário Erasmo Lens, sócio da Guarderia, explicou que "se excedeu no momento" devido a um furto ocorrido no local, durante aquela manhã.

Rubens, que aparece no vídeo de desculpas, explicou que o sócio estava nervoso por conta de uma combinação de fatores. "Mais cedo tinha sumido um celular e a mulher culpou a gente. A Guarderia está com vergonha, não quer divulgar o ódio nem o preconceito", explicou ao O POVO Online.

Veja o vídeo:

[VIDEO1]

Redação O POVO Online

 

TAGS