PUBLICIDADE
Notícias

Sete mulheres fogem de presídio usando lençóis

A fuga aconteceu no domingo, 3, e contou com ajuda externa. Detentas utilizaram uma corda artesanal feita de lençóis

16:13 | 04/07/2016
Sete mulheres conseguiram utilizar uma corda artesanal feita de lençóis para fugir do Instituto Penal Feminino Desembargadora Auri Moura Costa, em Aquiraz. A fuga aconteceu na madrugada do último domingo, 3, e de acordo com investigações da Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado (Sejus), houve apoio externo para a ação.
 
As fugitivas são Keytilene Rabelo dos Santos, Waleska Alves Bastos, Bruna de Pinho Landim, Polyana Coelho de Souza, Lana Benicio de Lima, Maria Eugênia Sousa Tavares, Francisca Cícera de Sousa. Elas respondem por crimes como sequestro, roubo, homicídio, furto e tráfico de drogas. Até a tarde desta segunda, nenhuma das detentas foi recapturada.
 
CPPL I
 
Na Unidade Prisional Agente Luciano Andrade Lima (CPPL I), três túneis identificados também no fim de semana possibilitaram duas fugas de prisioneiros. A Sejus ainda não tem o número de foragidos. A primeira ação ocorreu no início da noite de sábado e a segunda na manhã de domingo.
 
Na madrugada desta segunda, um grupo disparou contra a unidade, em uma possível tentativa de resgate, chegando a trocar tiros com agentes de segurança que estavam na área externa. Não há confirmação de que tenha havido fuga. Ao longo desta manhã, a Polícia está no local dando suporte ao fechamento dos túneis. 
 
 
Redação O POVO Online 


TAGS