PUBLICIDADE
Notícias

Policial é baleado no José Walter; sexto caso em três dias

Polícia trabalha com a hipótese de que o sargento Geraldo Borges tenha sido vítima de uma tentativa de assalto. A mesma possibilidade é ventilada em outros dois casos. Um deles morreu

11:10 | 18/07/2016

Atualizada às 20h39min
O sargento da Polícia Militar (PM) Geraldo Borges foi atingido por dois disparos no trapézio e no braço na noite deste domingo, 17, no Conjunto José Walter. Segundo informações da assessoria de comunicação da PM, ele estava como garupeiro de uma moto, guiada por um amigo, quando um ciclista os abordou e realizou os disparos.

 

O militar passou por cirurgia nesta segunda-feira, 18, no Instituto José Frota (IJF) para retirar um projétil alojado na altura do trapézio. O sargento está internado na unidade e seu quadro de saúde é estável.

O sargento estava de folga e à paisana, o que levanta a possibilidade de que tenha sido uma tentativa de assalto, informa a assessoria. No entanto, a Polícia Civil investiga as motivações do crime.  Nenhum suspeito foi preso, até o momento.

 

Leia também: SSPDS investiga se ataques têm cunho eleitoral


Este foi o sexto PM ferido desde sexta-feira, 15, quando dois policiais foram baleados em ataque que ainda deixou cinco feridos, na avenida Mister Hull, bairro Antônio Bezerra. O sargento Mardones Chaves Costa e o subtenente Aldemir Paula Silva foram atingidos por homens em dois carros e uma moto.

Na mesma avenida e no mesmo bairro, mas no sábado, 16, outro PM foi atingido, em uma parada de ônibus, quando saia para trabalhar. O soldado Francisco Claudemir do Nascimento levou três tiros no tórax, efetuados por dois homens em uma moto. Ele foi atendido no Instituto Dr. José Frota e não corre risco de morte.

Ainda na sexta-feira, em Caucaia, na Grande Fortaleza, um sargento da reserva foi assassinado enquanto fazia compras em um mercado do Parque Soledade. Segundo a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ele reagiu a um assalto praticado contra o estabelecimento e foi atingido no abdômen. Dois suspeitos foram presos.

Já no domingo, 17, o sargento Sobrinho foi atingido no braço esquerdo em uma abordagem realizada por três homens, em Morada Nova. Informações preliminares da PM no município dão conta de que o PM reagiu a um assalto, no momento em que chegava em casa. Três homens foram presos em Horizonte após perseguição policial.

Ataques contra viatura
No bairro Pan-Americano, uma viatura do Ronda do Quarteirão foi alvo da ação dos criminosos, neste domingo, 17. Três PMs estavam no carro no momento da ação, mas não se feriram. Eles reagiram, os criminosos fugiram e ainda não foram localizados.

A sequência de ataques contra órgãos da segurança pública levou a SSPDS a tomar medidas preventivas. A partir de agora, por exemplo, as viaturas da PM circulam, preferencialmente, em dupla.

 

TAGS