PUBLICIDADE
Notícias

Casal é preso com explosivos dentro de carro no Carlito Pamplona

Foram encontrados seis quilos de dinamite dentro de um veículo Corsa, utilizado pelos suspeitos, durante abordagem na avenida Doutor Theberge

09:26 | 22/07/2016
NULL
NULL

Um homem e uma mulher foram presos, na noite de última quinta-feira, 21, após serem flagrados em um carro com explosivos, drogas e arma dentro. A abordagem da Polícia Militar ocorreu na avenida Doutor Theberge, no Carlito Pamplona, por volta das 23h40min. O caso está sendo investigado, mas há indicios de que a dupla promoveria ou facilitaria algum atentado contra as forças de segurança do Ceará.

Os presos foram identificados como Carlos Robson de Oliveira Freitas, 26 anos, e Maria Auricélia Chaves de Menezes, 36 anos. Segundo o delegado Barbosa Filho, titular do 7º Distrito Policial, Carlos Robson confessou ser fugitivo da Unidade Prisional Desembargador Francisco Adalberto Barros de Oliveira Leal, em Caucaia, conhecida como ''Carrapicho''.

[SAIBAMAIS 2] "Eles chegaram ontem e começamos a investigação agora, mas é possível que eles fossem fazer algum ataque com os explosivos ou repassar para alguém", detalhou Barbosa. Dentro do Corsa apreendido com o casal, foram encontrados 6 quilos de dinamite, uma pistola calibre 380 com numeração raspada e 12 munições, uma balança de precisão, e uma quantidade de crack e maconha.

A dupla foi autuada com base nos artigos 33 (produção ilegal de drogas) e 35 (associação para o tráfico de entorpecentes) da Lei de Entorpecentes, além de porte ilegal de armas.

Desde o último dia 13 de julho, foram registrados 26 atentados contra prédios públicos, ônibus, viaturas e agentes de segurança. Os ataques foram ordenados por detentos, conforme investigação da Polícia.

Na tarde da última quinta-feira, 21, governador Camilo Santana anunciou a proposta de contratação de mil agentes penitenciários temporários para atuarem no sistema presidiário cearense.

Linha do tempo

13/7. O 23º DP, em Caucaia, (Região Metropolitana de Fortaleza) é alvejado por disparos de arma de fogo.

14/7. Fachada da GMF, no Rodolfo Teófilo, é alvo de tiros. No 27º DP, no João XXIII, dois carros são incendiados. Em Sobral (Região Norte), Delegacia da Defesa da Mulher é alvejada.

Ônibus é incendiado em Itaitinga.

15/7. Sargento Mardones Costa e subtenente Aldemir Paula Silva são baleados no bairro Antônio Bezerra.

16/7. 3º DP, no Otávio Bonfim, é alvejado e, em seguida, 11 presos fogem.

Ônibus é incendiado no Jardim Iracema. Criminosos atiram contra a recepção da GMF e ateiam fogo na lateral do prédio. Ônibus é incendiado no Parque Iracema. Soldado Francisco Claudemir é baleado no Antônio Bezerra. Delegacia de Pacajus (RMF) é alvejada com oito tiros. Fachada do Hospital Regional de Sobral (Região Norte) é alvejada.

17/7. Viatura é alvejada no bairro Panamericano, em Fortaleza. Delegacia é atacada no bairro Vila Velha. Carro do Corpo de Bombeiros é atacado.

18/7. Ônibus é parcialmente incendiado no bairro Barra do Ceará. Ônibus é parcialmente incendiado na avenida Dioguinho, na Praia do Futuro. Ônibus é totalmente incendiado no bairro Ancuri.

Dois ônibus são incendiados em Pacajus (RMF).

Fórum de Sobral é alvejado com três tiros.

Ônibus é parcialmente incendiado no cruzamento da rua Augusto Benevides com Dionísio Leonel de Alencar, no bairro Pedras.

20/7. Ataque a uma composição da Guarda Municipal de Eusébio.

Tentativa de incêndio a ônibus na Praça da Estação, no Centro.

21/7. Residência de um policial militar, em Pacajus, é alvo de disparos.

TAGS