PUBLICIDADE
Notícias

Presos fogem da CPPL II por buraco em cerca

Aproximadamente seis presos teriam fugido, mas a Sejus só deve confirmar o número de foragidos após contagem dos internos

12:44 | 04/06/2016
NULL
NULL

Uma fuga de presos da Casa de Privação Provisória de Liberdade Professor Clodoaldo Pinto (CPPL II), em Itaitinga, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Segundo a Secretaria da Justiça e Cidadania (Sejus), os detentos fugiram por uma cerca. Uma imagem mostra um buraco na cerca da unidade prisional.

 Aproximadamente seis pessoas estariam foragidas, mas o órgão só confirmaria o número após a contagem dos presos. Durante as rebeliões dos complexos da RMF foram confirmadas 49 fugas. Desse total, 25 presos foram recapturados.

Desde o dia 26 de maio a Força Nacional atua na parte externa das unidades prisionais durante o período de obras e construções. A manutenção é necessária depois do quebra-quebra causado pelos internos nas rebeliões que foram motivadas pelo impedimento do acesso das visitas nas casas de privação de liberdade.

 A Sejus afirma que a entrada das visitas foi barrada por ordem do Sindicato dos Agentes Penitenciários do Estado do Ceará durante a greve do sábado (21). Já o sindicato afirma que o quebra-quebra e as rebeliões que resultaram em 18 mortes já eram esperadas devido o colapso do sistema penitenciário no Estado.

 

O POVO noticiou neste sábado, 4, que o Ministério da Justiça, por meio da Força Nacional, tem utilizado a tecnologia dos drones nas unidades prisionais da Região Metropotana de Fortaleza, no intuito de monitorar e mapear os pavilhões e áreas do perímetro penitenciário.  

TAGS