PUBLICIDADE
Notícias

Prefeitura de Fortaleza cria app "Xô, Mosquito!" em combate ao Aedes aegypti

A ferramenta está disponível, apenas em dispositivos móveis, para download gratuito nas lojas virtuais Google Play e Apple Store

18:56 | 17/06/2016
NULL
NULL

A fim de conseguir o engajamento dos fortalezenses no combate aos focos do Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya, a Prefeitura de Fortaleza está lançando o aplicativo para celular e tablet “Xô, Mosquito!”. A tecnologia foi desenvolvida pelo Instituto de Planejamento de Fortaleza (Iplanfor).

A ferramenta está disponível, apenas em dispositivos móveis, para download gratuito nas lojas virtuais Google Play e Apple Store. A informação foi divulgada no site do executivo municipal nesta sexta-feira, 17.

[SAIBAMAIS1] 

De acordo com o site, o Iplanfor reuniu neste aplicativo informações sobre as doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti, formas de prevenção e check list de medidas preventivas. Um trabalho que ajudará na coleta de dados pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), auxiliando na prevenção dos casos das doenças.

Conheça o aplicativo

Segundo o site da Prefeitura de Fortaleza, o “Xô, Mosuito!” ajudará as pessoas interessadas em estabelecer uma rotina semanal de verificação dos focos do mosquito em casa. O resultado dessa verificação dará origem a relatórios que serão encaminhados à Coordenadoria de Vigilância em Saúde (Covis), que vai gerir o dado e ajudar a SMS a verificar o grau de engajamento da população no combate ao Aedes aegypti.

O aplicativo traz também uma versão digital de uma tabela (“Foco no Foco”) que os agentes de saúde utilizam nas visitas para prevenção ou combate aos focos do mosquito, além de permitir o envio de e-mail para a Vigilância em Saúde - Celular de Vigilância Ambiental com sugestão, reclamação, elogio e outros assuntos.

Qualquer cidadão poderá consultar o número de casos notificados no seu bairro, tendo informações sempre atualizadas, obtidas diretamente do Sistema de Monitoramento Diário de Agravos (SIMDA).

Os dados obtidos com os usuários do app também passarão a integrar os dados de saúde contidos no site Fortaleza em Mapas, da Prefeitura de Fortaleza e administrado pelo Iplanfor.

Serviço

Baixar o aplicativo “Xô, Mosquito!”

- o Google Play (se for um dispositivo Android) ou

- a Apple Store (se for um dispositivo iOS)

Redação O POVO Online

TAGS