PUBLICIDADE
Notícias

Por Jogos Olímpicos, Força Nacional sai do Ceará

Permanência da tropa estava programa para até 15 de julho. Os agentes reforçavam a segurança de unidades prisionais da Grande Fortaleza

11:45 | 28/06/2016

Os agentes da Força Nacional de Segurança começaram a se retirar do Estado nesta segunda-feira, 27. Estava programado que a tropa permanecesse no Estado até 15 de julho, mas a necessidade de um período de treinamento voltado aos Jogos Olímpicos levou à antecipação. A cerimônia de abertura das Olimpíadas do Rio de Janeiro está marcada para 5 de agosto. A retirada também ocorre nos demais estados para os quais a Força Nacional havia sido chamada.

No Ceará, a Força Nacional foi solicitada pelo governador Camilo Santana (PT) para pacificar as unidades prisionais da Região Metropolitana durante construção e manutenção dos prédios. Os presídios passaram a registrar motins e fugas após greve dos agentes penitenciários, iniciada em 21 de maio.

A Força Nacional atuava no Estado desde 27 de maio, uma semana após o fim da greve dos agentes penitenciários que durou 17 horas. Neste tempo, ocorreram diversos motins, que culminaram em fugas e 14 mortes de detentos. Segundo o secretário da Segurança Pública e Defesa Social, Delci Teixeira, o contigente permitiria o deslocamento de policiais militares para outras ocorrências. Até então, estava sob responsabilidade dos PMs auxiliar a segurança nas unidades prisionais.

 

Redação O POVO Online, com informações do repórter Thiago Paiva
TAGS