PUBLICIDADE
Notícias

População tenta linchar dois suspeitos de assalto no Centro

Dupla foi mantida no chão e foi agredida com murros e chutes por um grupo de aproximadamente dez populares até a chegada da PM

14:46 | 27/06/2016
NULL
NULL

Atualizada às 15h50min

Uma tentativa de linchamento contra dois suspeitos de assalto foi registrada na tarde desta segunda-feira, 27, na rua Meton de Alencar com Sólon Pinheiro, no Centro. Os homens teriam tentado roubar uma pessoa e foram agredidos por um grupo de cerca de dez pessoas, conforme O POVO apurou no local.

Segundo uma testemunha, os suspeitos estavam em uma motocicleta quando tentaram cometer um assalto. Um PM evitou a ação e saiu para chamar reforços, mas nesse tempo a dupla foi atacada por populares, por volta das 13 horas.

O grupo de populares então manteve os suspeitos no chão, desferindo chutes e murros no corpo e rosto deles. Duas viaturas do 1ª Cia. do 5º Batalhão de Policia Militar chegaram ao local e levaram os homens. Os PMs informaram ao O POVO que não foram acionados para aquela ocorrência, mas estavam passando pela área e perceberam a movimentação estranha.

Durante a ocorrência, O POVO Online denunciou a tentativa de linchamento à Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops), mas o subtenente de plantão disse que precisava do número exato da ocorrência para enviar viaturas.

O POVO Online procurou o coronel Teófilo Gomes , comandante da 1ª Cia. do 5º BPM, que informou que o caso estava em andamento. Ele confirmou a tentativa de linchamento realizada pela população, mas disse que informações mais detalhadas seriam repassadas posteriormente.
[FOTO2]
Essa foi a segunda tentativa de linchamento no Ceará, em pouco mais de 24 horas. Na manhã do último domingo, 26, populares tentaram invadir a delegacia de Acaraú para linchar um suspeito de assalto, mas foram impedidos pelos PMs da região, que tiveram que solicitar reforços para conter a situação.

Os linchamentos configuram assassinatos cometidos por uma multidão. Na semana passada, foram registrados dois linchamentos, um espancamento e uma execução contra suspeitos de praticarem crimes em Fortaleza.

Punição
O pesquisador e coordenador do Laboratório de Estudos da Conflitualidade e da Violência (Covio) da Universidade Estadual do Ceará (Uece), Geovani Jacó, avalia que o uso da violência é uma medida tomada pela população como forma de tentar solucionar urgentemente o problema da violência urbana.

"Identificadas as pessoas que botam em risco essa moralidade, é permitido que se utilize da violência como punição, como assepsia da sociedade", explicou o pesquisador ao O POVO Online, em matéria publicada na quarta-feira, 22. 

 

Redação O POVO Online
TAGS