PUBLICIDADE
Notícias

PM troca tiros com grupo que promoveria fuga em penitenciária

Um dos homens que integraria a quadrilha foi morto. Outras oito pessoas foram capturadas pela PM. À polícia, eles disseram fazer parte do PCC

10:45 | 28/06/2016

Policiais militares (PMs) trocaram tiros com um grupo que era perseguido após suspeita de roubo de uma caminhonete modelo Hilux, na madrugada desta terça-feira, 28. Na ação, ocorrida em frente à Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf), no Conjunto José Walter, um dos suspeitos morreu e outros oito foram capturados, incluindo um adolescente. Eles contaram aos PMs que estavam a caminho da Penitenciária Francisco Hélio Viana de Araújo, em Pacatuba, na Grande Fortaleza, onde proporcionariam o resgate de presos.

As informações são do tenente coronel Gilvandro, responsável pela Área Integrada de Segurança (AIS 5). Ainda segundo ele, os homens na Hilux eram apoiados por seis pessoas em um outro carro, modelo Hyundai HB20, encontrado abandonado no conjunto Cidade Nova. Nenhum desses suspeitos foi localizado ainda. No local, a polícia encontrou uma escopeta calibre 12.

Já no José Walter, os policiais do 6º Batalhão da PM encontraram três pistolas (duas calibre 40 e uma 380), dois revólveres calibre 38 e duas escopetas calibre 12. Além disso, foram encontrados cinco coletes à prova de bala e "farta munição", detalha o tenente coronel.

Os suspeitos afirmaram aos policiais fazerem parte da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC). Eles foram encaminhados ao 30º Distrito Policial (30º DP), no bairro Jangurussu.


                                                                                Mais informações em instantes

 

Redação O POVO Online
TAGS