PUBLICIDADE
Notícias

Estudantes desocupam Caic do Bom Jardim

A saída, na noite da última segunda-feira, 13, foi decidida em assembleia, após tumulto com a comunidade. Estudantes relatam aprendizados nos quase 50 dias de ocupação

16:03 | 15/06/2016
NULL
NULL

Atualizada às 16h55min

Estudantes desocuparam, na noite da última segunda-feira, 13, o Centro de Atenção Integral à Criança e ao Adolescente (Caic) Maria Alves Carioca, no bairro Bom Jardim. A escola estadual foi a primeira a ser ocupada no Ceará, iniciando o movimento de ocupações no Estado, no dia 28 de abril. Em postagem no grupo do Facebook Ocupa Caic, os estudantes explicam que a razão para saída deles do centro é a falta de apoio da comunidade do entorno, além de assaltos que estariam acontecendo nas últimas duas semanas.

"O Caic é um espaço muito aberto, é difícil manter a segurança do local. Houve furtos, e também uma menina que estava na ocupação foi assaltada na saída da escola", comenta em entrevista ao O POVO Online, Kaliane Senna, 16, estudante do 3º ano do ensino médio do Caic e membro do Grêmio Estudantil Chico da Matilde. Ela explica que ainda na segunda-feira, 13, pela manhã, uma bomba rasga-lata foi jogada na escola.

"Com o episódio do assalto a creche/escola, e a bomba caseira jogada na hora da nossa assembleia, o grupo ficou bem abalado e nos sentimos em estado de perigo, criou-se a hipótese mais forte de desocupação para não sofrer mais com aquele problema", explica o comunicado dos estudantes.

Eles relatam uma situação que teria acontecido na noite do último dia 13, quando a comunidade do entorno teria reivindicado a saída dos estudantes. "Vimos que com todo esse tumulto, com a falta de segurança, com as ameaças que sofremos, não era possível prosseguir com a ocupação", detalha o texto.

O comunicado finaliza, agradecendo o apoio dos professores e alunos à ocupação, e reafirmando o apoio à outras escolas que seguem ocupadas.

Ainda resistiam à ocupação cerca de 20 alunos. Os quase 50 dias de permanência na escola e todo o movimento desencadeado deixou, conforme Kaliane, marcas positivas na formação dos alunos.

[FOTO2] 

“Estamos nos organizando desde o começo do ano para pedir melhores condições de ensino. A ocupação foi um aprendizado muito grande. As formações e os debates nos fizeram abrir os olhos e a mente para muitas questões. Saímos sabendo pensar por nós mesmos. Saímos nos entendendo como coletivo, com o sentimento de que juntos, com todas as diferenças, somos mais fortes. Aprendemos nesses dias o que anos de escola não nos ensinou e que é possível, sim, fazer uma outra educação. Não ocupamos mais, mas a resistência continua, com outras ferramentas”, resume Kaliane.

Mudança

Alguns alunos do Caic passaram a integrar, desde segunda-feira, a ocupação da escola Santo Amaro, também no bairro Bom Jardim. Outros foram para suas casas, mas devem continuar a resistência com mobilizações pela cidade, conforme Bruna Cunha, 16 anos, aluna do 2º ano do ensino médio do Santo Amaro.

"A direção do Caic trancou a quadra para os meninos da comunidade e, revoltados, eles invadiram os blocos das creches. O pessoal da ocupação não tinha nada a ver com isso, mas foram culpados por isso. Depois, a galera sofreu várias ameças da comunidade", relata a adolescente, que estava integrando a ocupação do Caic desde o início.

Com a chegada dos alunos do Caic, a estimativa dos estudantes é de que cerca de 40 pessoas ocupem o Santo Amaro. "Escolhemos o Santo Amaro porque é no mesmo bairro. O movimento [de ocupação] tem sido muito importante para a gente sair da zona de conforto", explica Luiz Gustavo de Souza, 16 anos, estudante do 2º ano do ensino médio do Caic.

Entre as melhorias na educação, os estudantes reivindicam reformas estruturais nas escolas, mais segurança nas unidades, mais verba para a merenda escolar e passe livre estudantil. "A gente quer que o Governo articule com a Prefeitura e com os representantes do transporte urbano esse passe. O movimento pode ter começado em paralelo à greve dos professores, mas agora está autônomo e tem suas pautas próprias", completa Luiz Gustavo.

A escritora e ativista dos direitos humanos, Helena Vieira, acompanha as ocupações das escolas cearenses e ressalta a necessidade do apoio por parte da comunidade. "Esses movimentos são uma tendência histórica, já aconteceu no Chile, por exemplo. É irresponsável colocar a comunidade contra os alunos e expô-los a situações de violência".

O POVO Online tentou entrar em contato com a diretoria da escola de 16h às 16h45min, mas as ligações não foram atendidas. A Secretaria da Educação (Seduc) informou, em nota, que o CAIC tem vigilância permanente 24 horas. ‘’Todas as providências foram tomadas pela Escola e Superintendência das Escolas Estaduais de Fortaleza (Sefor), que fazem levantamento sobre os danos materiais’’, informa

Segundo a secretaria, o diálogo com representantes dos estudantes está mantido. "A Seduc  foi informada sobre a desocupação do Caic, onde os alunos permaneciam desde o último dia 28 de abril, cerca de 40 dias letivos. Não há registro dessa ação dos moradores em articulação com a gestão escolar", disse.

Ao contrário do número divulgado pelo movimento Ocupa Ceará, a Seduc contabiliza a ocupação de 56 escolas, o que equivale a cerca de 8% da rede estadual, composta de 709 unidades de ensino.

Escolas

Conforme a página Escolas do Ceará em Luta, 68 outras escolas permanecem ocupadas.

1. ESCOLA POLIVALENTE – Juazeiro do Norte

2. EEFM JOÃO MATTOS – Montese - Fortaleza

3. COLÉGIO CASTELO BRANCO – Montese - Fortaleza

4.EEM GOVERNADOR ADAUTO BEZERRA – Bairro de Fátima - Fortaleza

5.EEFM JADER MOREIRA DE CARVALHO – Serrinha – Fortaleza

6. EEM MARIANO MARTINS – Henrique Jorge - Fortaleza

7. EEFM DOM ANTÔNIO DE ALMEIDA LUSTOSA – Edson Queiroz - Fortaleza

8. ESCOLA MARIA AMÉLIA BEZERRA – Juazeiro do Norte Ocupa Maria Amélia

9. EEFM IRAPUAN CAVALCANTE PINHEIRO – Conj. Esperança - Fortaleza

10. LICEU DE MESSEJANA – Messejana - Fortaleza

11. EEFM DR. CESAR CALS – Farias Brito - Fortaleza

12. EEFM JOSÉ ALVES FIGUEIREDO - Crato

13. EEFM PADRE ROCHA - Fortaleza

14. EEFM MARECHAL HUMBERTO DE ALENCAR CASTELO BRANCO - Fortaleza

15.LICEU DO CRATO - Crato

16. LICEU DE MARACANAÚ - Maracanaú

17. EEFM ADAHIL BARRETO CAVALCANTE - Maracanaú

18. EEM PROFª: EUDES VERA - Maracanaú

19. EEFM MONSENHOR DOURADO - Padre Andrade - Fortaleza

20. EEFM ADALGISA BONFIM SOARES - Conjunto Esperança - Fortaleza

21. EEFM NOEL HUNGNEN DE O. PAIVA - Fortaleza

22. EEFM IRMÃO URBANO - Parque São José - Fortaleza

23. EEFM SENADOR OSIRES PONTES - Canindezinho - Fortaleza

24. EEFM JOÃO NOGUEIRA JUCÁ - Sapiranga - Fortaleza JNJ Ocupado

25. EEFM HERÁCLITO DE CASTRO E SILVA - João XXIII - Fortaleza

26. EEFM JOSÉ BEZERRA DE MENEZES - Antônio Bezerra - Fortaleza

27. EEFM GENERAL EUDORO CORREA - Parangaba - Fortaleza

28. EEFM JOSÉ DE ALENCAR - Messejana - Fortaleza

29. ESCOLA POLIVALENTE MODELO DE FORTALEZA - José Walter - Fortaleza

30. LICEU DO CONJUNTO CEARÁ - Conj. Ceará I - Fortaleza

31. EEFM Dra. ALDACI BARBOSA - Conj. Palmeira - Fortaleza

32. EEFM WALTER DE SÁ CAVALCANTE - Cidade dos Funcionários - Fortaleza

33. EEFM DR. GENTIL BARREIRA UV2- Conj. Ceará - Fortaleza

34. EEFM JOSÉ MARIA CAMPOS DE OLIVEIRA UV8 - Conj. Ceará - Fortaleza

35. EEFM ANTONIETA SIQUEIRA - Jóquei Clube - Fortaleza

36. EEFM DEP. PAULO BENEVIDES - Messejana - Fortaleza

37. EEFM LOURENÇO FILHO - Crateús

38. EEFM PROF. TELINA BARBOSA DA COSTA – Messejana - Fortaleza

39. EEFM PROF. MÁRIO SCHENBERG - Vila Manoel Sátiro - Fortaleza

40. EEFM MARIA CONCEIÇÃO DE ARAUJO - Aranaú - Acaraú Maria Conceição De Araujo Ocupação

41. EEFM PROF. ANTONIO ALBUQUERQUE DE SOUSA FILHO - Iguatu

42. EEFM PREFEITO ANTONIO CONSERVA FEITOSA - Juazeiro do Norte

43. EEFM DOM HELDER C MARA - Jardim Guanabara - Fortaleza

44. EEFM CAIC DOM ANTÔNIO CAMPELO - Juazeiro do Norte

45. EEFM JULIA ALVES PESSOA - Bom Jardim - Fortaleza

46. COLÉGIO ESTADUAL LICEU DE CAUCAIA - Caucaia

47. EEFM LAURO REBOUÇAS DE OLIVEIRA - Limoeiro do Norte

48. EEFM ESTADO DO PARANÁ - Montese - Fortaleza Ocupação Paraná

49. EEFM MARIA MARGARIDA DE CASTRO ALMEIDA - Conj. Esperança - Fortaleza

50. EEFM DONA MARIA MENEZES DE SERPA - Vila Velha - Fortaleza

51. EEFM TENENTE MÁRIO LIMA - Maracanaú

52. EEM GOV. ADAUTO BEZERRA - Santa Tereza - Juazeiro do Norte

53. COLÉGIO ESTADUAL LICEU DO CEARÁ - Jacarecanga - Fortaleza

54. EEFM HERMÍNIO BARROSO - Padre Andrade - Fortaleza

55. EEFM RENATO BRAGA - Aldeota - Fortaleza

56. EEFM DONA HILZA DIOGO DE OLIVEIRA - Conj. Nova Assunção - Fortaleza

57. EEFM JOSÉ BEZERRA DE MENEZES - São Miguel - Juazeiro do Norte

58. EEFM DONA CLOTILDE SARAIVA COELHO - Pirajá - Juazeiro do Norte

59. LICEU JOSÉ TELES DE CARVALHO - Brejo Santo

60. EEFM DEP. JOACI PEREIRA - Planalto Ayrton Senna - Fortaleza

61. EEFM SANTO AMARO - Bom Jardim - Fortaleza

62. EEFM BRANCA CARNEIRO DE MENDONÇA - Caucaia

63. EEFM PROF. HERMENEGILDO FIRMEZA - Vila Peri - Fortaleza

64. EEFM PLACIDO ADERALDO CASTELO (EPAC uv7) - Conj. Ceará - Fortaleza Epac Ocupado

65. EEFM GOV. FLAVIO MARCILIO - Pirambu - Fortaleza Ocupação FM

66. EEFM DEP FRANCISCO DE ALMEIDA MONTE - Barra do Ceará - Fortaleza

67. EEFM IRACEMA - José de Alencar - Fortaleza

68. EEFM JULIA ALENQUER FONTENELE - Pindoretama

 

TAGS