PUBLICIDADE
Notícias

Empresa de ônibus que atropelou idosa cobra indenização da família

Conforme o Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), a empresa cobrou indenização no valor aproximado de R$ 2.200

17:40 | 27/06/2016

Atualizado em 28/06/2016 às 13h45min 

Três meses após a senhora Maria do Carmo Rocha Feijó morrer ao ser atropelada por um ônibus no Terminal da Parangaba, a família da idosa de 65 anos sofre com consequências além da perda. A empresa Vega, proprietária do ônibus do acidente, está cobrando dos familiares indenização por prejuízos no veículo e o tempo em que ele ficou parado, no valor de aproximadamente R$ 2.200.

Fábio Feijó, filho de Maria do Carmo, postou um vídeo no Facebook relatando o caso. "A empresa de ônibus entrou contra a gente com uma ação indenizatória pedindo os custo da avaria do ônibus e do tempo que ele ficou parado. Não entramos com nenhuma ação contra a empresa. Não queríamos estender essa dor, que é insubstituível", disse Fábio no vídeo. 

Na época, a empresa Vega garantiu que tomaria todas as providências e disponibilizaria "todos os recursos para que os familiares recebessem os devidos cuidados". De acordo com o relato de Fábio, a atenção dada pela Vega foi aquém da esperada. "A imprensa anunciou que ela tinha prestado todo o suporte à família. Houve um telefonema. Uma moça foi ao hospital e passou coisa de cinco minutos, mas muito frios", complementou.

O POVO Online entrou em contato com o filho da vítima, mas ele preferiu não se pronunciar por orientação jurídica.

Em entrevista ao O POVO Online, em março, a empresa argumentou que o motorista estava dentro da velocidade permitida dentro do terminal, ou seja, menos de 20km/h conferida por GPS.

"A sra. Maria do Carmo tentou realizar uma travessia entre as plataformas do terminal fora da faixa de pedestre. Ele tentou frear, mas a senhora infelizmente bateu na parte dianteira do veículo. O condutor é capacitado na sua função, tendo realizado diversos treinamentos oferecidos pela empresa, tais como Comportamento e Atitudes Eficazes no Trânsito (Direção Defensiva), Qualificação para Atendimento ao Idoso, Manutenção de Elevadores, Relações Humanas e Trabalho em Equipe, etc", disse a Vega, em nota na ocasião.

A Vega afirmou que não iria se manifestar a respeito do caso por enquanto. Questionada se pensa em retirar a ação, a empresa afirmou que ainda está avaliando todo o caso antes de tomar qualquer decisão. 

Ministério Público 

O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) enviou ofício à Defensoria Pública para que o viúvo da vítima, Francisco Feijó de Albuquerque, tenha atendimento jurídico urgente. Conforme o promotor de Justiça Alexandre Alcântara, a família foi orientada inicialmente por um advogado a fazer um acordo com a empresa. A família, contudo, não tem condições de negociar. "O viúvo é aposentado, ganha pouco mais de um salário. Dos filhos, um está desempregado e o outro é deficiente físico", explica. "É surreal".

Para o promotor, a família deve pedir danos morais à empresa de ônibus e, também, à Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor), já que, no local do acidente, não havia faixa de segurança. "Temos um inquérito civil público que trata da insegurança dos terminais em Fortaleza. A Etufor não faz as obras necessárias para que se tenha segurança nos terminais", continua. "O idoso não tem embarque prioritário".

Ouça entrevista completa com o promotor de Justiça Alexandre Alcântara à Rádio O POVO CBN (FM 95.5 AM 1010) 

O próximo passo é visitar os terminais de ônibus para averiguar a situação. Ainda segundo o promotor, a Etufor e a Vega já foram ouvidas pelo MPCE. Contatada pelo O POVO Online, a Etufor diz que não responde sobre o caso. 

Entenda o caso
Maria do Carmo foi atropelada na manhã do dia 1º de março, quando tentava atravessar uma passarela no terminal de ônibus. A idosa foi socorrida por uma ambulância Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levada ao Instituto Doutor José Frota (IJF), mas não resistiu e morreu 12 dias depois. As câmeras de segurança da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) gravaram o momento em que o ônibus atropela Maria do Carmo.

ATENÇÃO: IMAGENS FORTES!

[VIDEO1]

TAGS