PUBLICIDADE
Notícias

Cearense tenta quebrar recorde nacional de concerto de piano mais longo

O recorde atual foi conquistado em 2003. O curitibano Cláudio Maksoud tocou por quase 12 horas

09:40 | 02/06/2016
NULL
NULL

Felipe Adjafre, pianista cearense, vai tentar quebrar o recorde nacional de "O mais longo concerto de piano" com a validação do Rank Brasil. O evento vai acontecer no dia 11 de junho, a partir de 10 horas, no shopping RioMar. Nele, o pianista precisa tocar no mínimo por 13 horas.

De acordo com o site do Rank Brasil, o recorde atual pertence ao curitibano Cláudio Maksoud. Em 2003, ele tocou das 10h08min às 22h13min e, durante todo o desafio, parou apenas uma vez, durante 5min14, para ir ao banheiro.

Em entrevista ao O POVO Online, Felipe afirma que “não quer contar com essa parada”. “Vou ter uma pessoa para me auxiliar na hora da alimentação e vou comer apenas coisas leve, como barra de cereal, frutas. A minha real preocupação é ter uma alguma lesão ou sentir vontade de ir ao banheiro”, acrescentou o pianista.

Preparação
Felipe explica que a preparação começou há um mês. O pianista explica que tem praticado na academia exercícios que fortalecem partes do corpo que serão exigidas no desafio, como a lombar e o punho. Além disso, ele recebe acompanhamento de uma nutricionista.

Comprovação
Dentre as etapas para registrar o recorde existe aquela referente a coleta de dados que comprovem o recorde. Devido aos custos envolvidos, Felipe optou pela certificação à distância, aquele em que o registro será baseado em documentos previamente solicitados pelo RankBrasil. Para isso, ele reunirá algumas elementos presentes na apresentação: um cronômetro para contabilizar o tempo, fiscais para coletar assinaturas dos espectadores, registro em vídeo.

Repertório
A data escolhida, véspera do Dia dos Namorados, conta com um repertório bem apaixonado que vai inspirar os casais que por lá passarem. “Não vou obedecer a um roteiro, vou tentar mesclar os estilos, tocar bossa nova, jazz, mpb, tema de filme. O piano já remete ao romantismo, independente da música tocada”, disse Felipe.

Sobre o músico
Felipe Adjafre começou a estudar música aos 9 anos, tocando teclado, e aos 14 anos já tocava profissionalmente. O piano surgiu em sua vida aos 20 anos. Hoje já são 14 álbuns e um 1º DVD, em comemoração aos 10 anos de carreira como pianista.

[FOTO2] 

“Desde quando comecei a tocar piano busco popularizar o instrumento”, diz Felipe, que já criou vários projetos de formação de plateia. Um desses projetos se chama “Piano, Zabumba e Triângulo”, onde Felipe mescla o instrumento clássico com os regionais.

Rank Brasil
Uma empresa independente que atua há 15 anos em todo território nacional, registrando exclusivamente recordes brasileiros. Possui cerca de 1.300 títulos homologados, nas mais diversas categorias, todos expostos em sua publicação digital.

 

TAGS