PUBLICIDADE
Notícias

Após voz de prisão, agentes pedem posicionamento da AMC

Reunião com superintendente do órgão está marcada para amanhã. Caso não aconteça, categoria pode suspender atividades

19:51 | 02/06/2016
Após divulgação de vídeo que mostra a voz de prisão dada a uma agente da AMC por um coronel do Exército, o sindicato que representa a categoria municipal exige posicionamento de gestores do órgão. A entidade afirma ser constante a intenção de autoridades de se sobreporem às ações de fiscalização. Uma reunião entre agentes e o superintendente da AMC, Arcelino Lima, está marcada para amanhã. Caso não aconteça, a categoria pode suspender as atividades.
 

"Já houve vários relatos de situações como essa. Policiais, procuradores, juízes... Nós já fazemos um trabalho que é criticado por parte da sociedade, mas que vem sendo reconhecido como importante, então precisamos do apoio dos gestores do órgão", afirma o diretor setorial de Segurança Pública e Trânsito do Sindicato dos Servidores e Empregados Públicos de Fortaleza (Sindifort), Eriston Ferreira.
 
Redação O POVO Online 
TAGS