PUBLICIDADE
Notícias

'Ainda não houve recuperação do MinC', diz titular da Secult

Secretário comentou sobre situação atual do Ministério da Cultura durante apresentação do 26º Cine Ceará à imprensa

20:19 | 07/06/2016
NULL
NULL
O secretário de Cultura do Estado, Fabiano Piúba, foi um dos convidados para o lançamento da programação do 26º Cine Ceará e abertura da Mostra do Cinema Mexicano, nesta terça-feira, 7, na Caixa Cultural Fortaleza. Na ocasião, o titular da pasta se mostrou preocupado com situação atual do Ministério da Cultura (MinC), extinto e recriado em menos de duas semanas no governo do presidente em exercício Michel Temer (PMDB), provocando reação e críticas da classe artística.

"Ainda não houve recuperação do MinC, não foi recuperado internamente. É preocupante em vários aspectos. Um deles na própria dimensão de apoio a projetos culturais, em relação a todos os Estados e municípios. A gente olha de maneira preocupante e, ao mesmo tempo, atuante no sentido de reverter essa situação. Estamos com um ponto de interrogação, não só no setor artístico cultural, mas também na sociedade brasileira. A defesa não é só do MinC, mas da diversidade cultural brasileira", disse Piúba durante coletiva de imprensa.
[SAIBAMAIS3]
Outra questão levantada por Piúba foi a criação da Secretaria Especial de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Sephan) pelo governo Temer, ainda sem papel definido no MinC. Para o titular da Secretaria de Cultura do Ceará (Secult), o novo órgão representa um fato tão preocupante quanto a extinção do MinC. "Pra gente recuperar o Ministério ainda falta um movimento, articulações políticas e institucionais", relatou.

Ao lado de Piúba na apresentação da programação do festival, estiveram o diretor da Casa Amarela Eusélio Oliveira e diretor Executivo do Cine Ceará, Wolney Oliveira, e o gerente da Caixa Cultural Fortaleza, José Márcio Borges.

"Foi um erro grande ter acabado com o MinC, tanto é que tiveram que voltar atrás. Volto a citar o filme de Cacá Diegues: 'Dias Melhores Virão'", opinou Wolney.
TAGS