PUBLICIDADE
Notícias

Roberto Cláudio anuncia nova logística de distribuição de medicamentos

O novo sistema deverá começar a funcionar em junho. O objetivo é fazer com que 84 medicamentos que são essenciais sejam garantidos de forma permanente

18:56 | 24/05/2016
Após recorrentes denúncias de falta de medicamentos em postos de saúde de Fortaleza, o Prefeito Roberto Cláudio anunciou nesta terça-feira nova logística de abastecimento e distribuição. O objetivo é fazer com que 84 medicamentos que são essenciais nas unidades básicas de saúde sejam garantidos de forma permanente. 

O novo sistema deve começar a funcionar a partir de junho deste ano e estabelece que o remédio só falte no posto de saúde, no máximo, 24 horas após a indicação de ausência. Em entrevista ao O Povo Online, a secretária Municipal de Saúde, Socorro Martins, as principais modificações foram o aumento do número de transportes para distribuiçaão, compra de novos medicamentos, redução no tempo de entrega - antes era uma vez por semana - e aprimoramento no sistema de informação para melhor monitoramento. 
 
"Não é simples o processo de gestão de insumos de uma rede de mais de 100 postos de saúde como o nosso. Iremos intervir em cada etapa da distribuição e esperamos que com essas mudanças a gente possa reduzir essa insatisfação de nossa população", afirmou Socorro. 
 
A atual logística de distribuição de medicamentos e de negociação com os fornecedores dos remédios já foi considerada pela Secretaria Municipal da Saúde como o maior gargalo no abastecimento. A promessa de regularização foi feita pela Secretaria em abril do ano passado e foi anunciada somente nesta terça-feira. 

Outra novidade anunciada em reunião foi a implantação de uma escala de substituição de médicos que estejam de licença ou de férias, garantindo o atendimento da população por equipes completas.
 
Redação O Povo Online 
TAGS