PUBLICIDADE
Notícias

Detentos e familiares recebem atendimento psicológico gratuito

Para receber o atendimento, egressos e familiares precisam passar por triagem realizada por servidores da Sejus. Procedimento começa no Núcleo de Assistência à Familia

18:33 | 30/05/2016
Diante da crise das unidades prisionais do Ceará, na qual 18 presos foram assassinados, os detentos e seus familiares receberão, durante o mês de junho, atendimento psicológico gratuito. Psicólogos da Faculdade Maurício de Nassau vão ofertar o apoio. Detentos precisam estar inseridos no regime aberto ou semiaberto. Familiares dos internos que cumprem regime fechado também podem procurar o serviço.

De acordo com a coordenadora do Serviço de Atendimento Psicosocial ao Trabalhador Penitenciário, Rosane Carioca, em entrevista à Rádio O POVO CBN, os famliares e os regressos podem receber atendimento gratuito na Clínica Escola da Faculdade Maurício de Nassau. 

[SAIBAMAIS1]"Antes do familiar ou egresso procurar o atendimento, ele necessita passar pela triagem. Essa triagem é feita pelos profissionais da Secretaria de Justiça (Sejus), que faz o encaminhamento. O familiar precisa desse encaminhamento para garantir o atendimento", explicou no programa O POVO no Rádio.
 
 
"A privação da liberdade não traz só o sofrimento para a pessoa que está privada, traz o sofrimento também para o familiar que está dando suporte para a pessoa superar a situação de conflito", continua. "É muito importante que a gente possa assistir também a família. A gente acredita que o atendimento psicológico, o aconselhamento e as orientações são essenciais para garantir também à saúde do preso". 
 
Mais informações no Núcleo de Assistência à Familia: (85) 3101-7721
 
Redação O POVO Online
TAGS