PUBLICIDADE
Notícias

Ceará atinge meta de vacinação contra H1N1; número de mortes sobre para nove

Meta de 80% de vacinação para grupos prioritários é obtida quatro dias após data prevista para fim da camapnha

17:20 | 24/05/2016
O Ceará chegou nesta terça-feira, 24, à meta de 80% da cobertura vacinal para público prioritário contra o vírus da H1N1. Essa foi a meta estipulada pelo Ministério da Saúde para a Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza. Já o número de óbitos subiu para nove.

As mortes ocorreram nos municípios de Caucaia (três), Fortaleza (duas), além de um óbito nas cidades de Juazeiro do Norte, Sobral, Jaguaretama e Pereiro. Em nenhum desses casos, houve vacinação contra o H1N1 em 2015.

De acordo com a Secretaria Estadual da Saúde (Sesa), o Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações registrava 1.422.183 doses aplicadas da vacina contra a gripe no Ceará, nesta tarde. No levantamento por grupos prioritários, foi atingida a meta entre profissionais de saúde (100%), mulheres com até 45 dias pós-parto (94,52%) e idosos (80,28%).

Já nos grupos de crianças de 6 meses a 4 anos de idade (78,03%), gestantes (67,34%) e indígenas (78,90%), a meta não foi atingida. Segundo a Sesa, a Campanha de Vacinação exclusiva para grupos prioritários segue até a próxima sexta-feira, 27.
Ainda de acordo com o órgão, após essa data será avaliado quando a vacinação será aberta para o público em geral, de acordo com o número de vacinas restantes.
O Ceará atinge a meta de 80% quatro dias após a data prevista para o fim da campanha (20 de maio).

Nos 184 municípios do Estado, a meta de 80% de vacinação foi atingida em 118 cidades. Em 2016, foram confirmados 24 casos de H1N1 (Gripe A) com nove óbitos.

A vacina contra a gripe em 2016 protege contra Influenza A (H1N1), Influenza A (H3N2) e Influenza B.
TAGS