PUBLICIDADE
Notícias

Três policiais militares acusados de matar pedreiro em 2014 vão a júri popular

15:06 | 14/04/2016
Três policiais militares acusados de matar o pedreiro Francisco Ricardo Costa de Souza em fevereiro de 2014 serão julgados pelo Tribunal Popular do Júri do Fórum Clóvis Beviláqua. José Milton Alves Maciel Júnior, Washington Martins da Silva e Dennis Bezerra Guilherme.

Os três foram denunciados por homicídio triplamente qualificado, no qual o crime é cometido por motivo torpe, de forma cruel e com impossibilidade de defesa da vítima.

A decisão, da juíza Danielle Pontes de Arruda Pinheiro, foi publicada no Diário de Justiça desta quinta-feira, 14. A magistrada determinou ainda a prisão cautelar e a intimação dos réus.

"O crime praticado contra a vítima Francisco Ricardo Costa de Souza afetou de forma frontal a ordem pública, bem como causou à sociedade uma grave sensação de impunidade, já que os acusados até então eram integrantes da Policia Militar", diz a decisão de Danielle.

O crime

A morte de Francisco Ricardo Costa de Souza ocorreu no dia 13 de fevereiro de 2014. Segundo o processo, ele voltava do trabalho de bicicleta no bairro Maraponga, onde foi abordado pelos policiais.

Ele teria sido confundido com um bandido, levado a um matagal e espancado. Francisco não resistiu ao politraumatismo no Hospital Frotinha da Parangaba. Francisco era pai de cinco filhos.
TAGS