PUBLICIDADE
Notícias

Proposta de regulamentação do Parque do Cocó prevê demarcação de 2.907,44 hectares

De acordo com o projeto, elaborado pelo Governo do Estado, o Parque Estadual do Cocó passa a ter 1.050,85 hectares

16:25 | 14/04/2016
NULL
NULL
O Governo do Estado apresentou a proposta de demarcação do mosaico do Parque do Cocó na tarde desta quinta-feira, 14, ao Fórum Permanente para Implantação do Parque do Cocó (Fórum Cocó), englobando uma área de 2.907,44 hectares. O secretário do Meio Ambiente do Estado (Sema), Artur Bruno, afirmou que as dunas do Cocó passarão a ser Área de Proteção Permanente (APP). O Governador do Estado, Camilo Santana, prentende assinar a regulamentação no dia do Meio Ambiente, 5 de junho. 
 
Com a proposta da regulamentação do Parque Estadual do Cocó, as Áreas de Interesse Ecológico (ARIEs) Estadual das Dunas do Cocó (146,40 ha), Estadual das Dunas da Cidade 2000 (12,57 ha) e do Rio Cocó (157 ha) terão uma maior proteção ambiental. A delimitação do Parque Estadual do Cocó passa a ter 1.050,85 hectares. O projeto de regulamentação área elaborado pelo Governo possui 385 hectares a menos do que a do Fórum Cocó, apresentado em agosto do ano passado. 
 
A polêmica da regulamentação da área do Cocó se estendeu nos últimos anos. Em 2013, o ex-governador Cid Gomes havia prometido regulamentar a área até o fim do seu mandato. A promessa, que não foi cumprida, aconteceu durante os protestos contra a construção dos viadutos no cruzamento entre as avenidas Engenheiro Santana Jr. e Antônio Sales, no bairro do Cocó.
 
Redação O POVO Online 
TAGS