PUBLICIDADE
Notícias

Batalhão de Choque descarta ameaça de bomba após vistoria em prédio da Contax

Funcionários reclamaram da falta de informação do caso por parte da empresa

17:05 | 13/04/2016
NULL
NULL
Atualizado às 19h45min 
 
O prédio da Contax, na av. Borges de Melo, no bairro Parreão, esteve sob suspeita de bomba na tarde desta quarta-feira, 13. De acordo com funcionários do local, o Batalhão de Choque chegou ao prédio por volta das 14h30min para realizar vistoria. A Brigada de Emergência também esteve no local. O POVO Online apurou que a ameaça era no sétimo andar, onde a Polícia interditou os banheiros durante a intervenção.
 
[SAIBAMAIS3]De acordo com um colaborador da empresa, que preferiu não se identificar, os funcionários ainda estavam trabalhando normalmente até as 16h45min. "O que a gente estava vendo mesmo era a correria dos gestores. Até o momento ainda não havíamos recebido nenhuma informação oficial. Estávamos todos trabalhando normalmente, apesar da movimentação".
 
O prédio começou a ser evacuado logo em seguida. Parte dos funcionários já havia descido por volta das 17 horas. Muitos saíram nervosos com a notícia, alguns correndo.
 
Às 17h10min, a Polícia já se encontrava dentro do prédio. Todos os andares passaram por vistoria. 
 
"Ainda não é certeza, mas pode ter realmente essa bomba", disse a colaboradora Gislene Marques, de 30 anos. Ela descobriu a ameaça quando chegou para trabalhar, por volta das 15 horas, e viu o carro antibombas na frente da empresa. "Fiquei muito nervosa e vim averiguar porque não tive nenhuma informação pela empresa de que teria essa bomba". Gislene trabalha na Contax há dois anos.

A equipe da Polícia descartou a ameaça de bomba, após o fim da varredura no prédio, por volta das 19h.
 
A Contax informou, por meio de nota, que a empresa só tomou conhecimento da supeita após a chegada do esquadrão antibombas no local. "A Companhia prontamente possibilitou o acesso para a condução da inspeção, que teve sua primeira etapa finalizada sem que nada fosse encontrado. A Contax informa, ainda, que neste momento uma segunda equipe, com cães farejadores, faz nova inspeção no prédio".

A suspeita foi identificada após denúncia anônima.
 
Redação O POVO Online,
com informações da repórter Jéssika Sisnando
TAGS