PUBLICIDADE
Notícias

Artistas denunciam atraso em cachês do Festival de Teatro de Fortaleza

Cerca de 10 grupos, entre locais e de outros Estados, ainda não receberam o pagamento integral das apresentações. A Secultfor admite a falta do pagamento

16:54 | 05/04/2016
NULL
NULL
Artistas e grupos teatrais que participaram do XI Festival de Teatro de Fortaleza (XI FTF), em dezembro de 2015, ainda não foram pagos. O evento distribuiu as apresentações, dentre seminários, espetáculos e musicais, em 15 espaços da Capital. O Fórum Cearense de Teatro divulgou nota na manhã desta segunda-feira, 5, cobrando posicionamento da Secretaria Municipal de Cultura de Fortaleza (Secultfor). 
 
"Entendendo que o teatro se fortalece por que há pessoas, grupos e instituições que compreendem esta arte como elemento indispensável para dignificar a vida, bem como para significá-la. O teatro vive e renasce por meio daqueles que ampliam o existir coletivo e a vida em comunidade", diz a nota. "O Fórum Cearense de Teatro vem publicamente se manifestar em prol dos grupos que se apresentaram e que, até essa data, ainda não foram pagos". 
 
O POVO Online apurou que, além dos grupos locais, alguns artistas que entraram pela Mostra Nacional e outros dois coletivos contemplados por Ações de Fomento às sedes também não receberam o valor integral. Os grupos da Mostra Outros Olhares receberam a primeira parcela no início do ano. 10 grupos ainda não foram remunerados.
 
De acordo com o ator Lucas Alexandre, membro do grupo Caravana Tragos, os participantes da Mostra Outros Olhares receberam apenas a primeira parcela de duas. "A gente sempre liga para a Secretaria, eles ficam trocando a gente de setor e acabamos sem resposta. (A Secultfor) ainda está com essa pendência conosco", relata. 
 
Para o ator, a situação pode desestimular novos artistas. "A Mostra (Outros Olhares) leva aqueles grupos que contemplam novos artistas e nunca participaram de um festival desse porte. O artista que está começando já dá de cara com esses problemas", afirma. "É uma luta da classe trabalhadora da arte. Nós lutamos sempre com esse tratamento com os artistas que não é só dessa gestão, mas agora vem se agravando".
  
De acordo com a Secultfor, o valor total do edital do XI Festival de Teatro de Fortaleza, (R$ 123 mil), foi pago aos artistas selecionados em janeiro deste ano, assim como o pagamento do Instituto Ânima Cult (R$ 332 mil), responsável pela realização do evento, pago no último mês de fevereiro. Apesar disso, a Secultfor admitiu que falta pagar o valor de R$ 83 mil.
 
Por meio de nota, a assessoria informou que os grupos que ainda não receberam fazem parte do "reordenamento financeiro junto à entidade para um incremento na programação". O cachê adicional foi pactuado com a comissão de organização do XI FTF, da qual fazem parte integrantes da Secultfor e do Fórum de Teatro. "A Secultfor informa ainda que todos os trâmites burocráticos estão sendo realizados para que a liberação dos pagamentos restantes seja feita o mais breve possível".
 
Edital das Artes
 
Com relação ao edital prometido pela Secretaria para que o prédio da pasta fosse desocupado, em outubro do ano passado, a assessoria diz que o edital estava na minuta da reunião de conselho que deveria ter sido realizada nesta segunda-feira, 4, mas não houve quórum. O órgão pretende realizar uma reunião extraordinária ainda neste mês de abril para dar um parecer sobre o edital no valor de R$ 4 milhões.
TAGS