PUBLICIDADE
Notícias

Saiba como proceder em casos de esquecimento de bagagens em aeroportos

Eduardo Manoel, que mora em Fortaleza, deixou uma mala com celular e documentos no aeroporto de Miami, mas após contato recebeu em casa os objetos

21:50 | 04/03/2016
NULL
NULL

Desde janeiro, 661 objetos foram esquecidos no Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza. A Infraero aponta que travesseiros cervicais são os materiais mais esquecidos, mas até cadeiras de rodas, muletas e pneus de carros já foram deixados. Os clientes que esquecem os objetos só podem resgatá-los pessoalmente na área de Achados e Perdidos.

A Infraero não faz o envio de objetos para outros estados ou países, por isso, turistas devem designar uma autorização para alguém que possa fazer o resgate na capital ou encaminhar autorização para alguma companhia aérea que realize o resgate em seu nome. Em 2015, 3.406 objetos foram esquecidos no Pinto Martins.

Alguns aeroportos, no entanto, podem fazer o envio de objetos esquecidos pelos Correios. Foi o que aconteceu com o empresário da construção civil, Eduardo Manoel Halley, 41 anos. Ele deixou uma mala com celular e documentos no aeroporto de Miami, mas após contato recebeu em casa os objetos.

"Naquela pressa no portão de embarque, acabei esquecendo uma bolsa de ombro com carteira, cartões de banco, celular novo, que eu tinha comprado uma semana antes de viajar", contou. Eduardo percebeu que havia esquecido a bolsa quando chegou no aeroporto de São Paulo.


Em Fortaleza, ele diz que ligou para o aeroporto americano, detalhou as características da bolsa e foi informado que tudo seria enviado ao Brasil. "Em dois dias eu estava com a bolsa em casa, com absolutamente tudo dentro. Até o dinheiro da carteira, uns 300 dólares e uns R$ 500, estava lacrado em um envelope. E o celular não foi ligado lá, a privacidade é respeitada mesmo", disse.
[SAIBAMAIS3]
Impostos
Quando turistas esquecem objetos no aeroporto cearense, precisam designar alguém para recuperá-los, pois a Infraero não faz o envio. O envio da mala de Eduardo foi custeado pelo aeroporto de Miami, mas por se tratar de uma importação, ele foi taxado pelo Ministério da Receita Federal. Recebeu em casa dois boletos, de R$ 967,63 e de R$ 528,50.

"O valor total deu quase o preço do celular que eu tinha deixado na mala. Mas como a minha mulher falou, vamos considerar que foi um dinheiro que gastei para ter minhas coisas de volta. Até porque evitei a dor de cabeça de tirar documentos, já considero uma graça alcançada", brincou.

O POVO Online procurou a receita Federal do Ceará, que explicou, por meio de assessoria, que as três principais formas de importação são bagagem acompanhada, importação comum e remessa expressa - cada uma com suas tributações.

''O fato da mercadoria ser usada não dá à mercadoria nenhuma isenção especial. Quando você contrata empresa para ser transportador, como sedex, o ICMS varia de acordo com cada Estado, na alíquota de 60%. O valor se baseia em 60% do valor da fatura comercial em que é atribuído o valor àquela mercadoria por quem a enviou, baseado na legislação", informou a assessoria.

Aeronaves
Os objetos deixados dentro das aeronaves são responsabilidade da companhia aérea, ainda conforme a Infraero. A TAM informou ao O POVO Online que os objetos são registrados pelo departamento de bagagens da companhia.

Quando requeridos formalmente, tanto os objetos esquecidos nas aeronaves da TAM como aqueles deixados em aeroporto e levados aos setores de Achados e Perdidos são transportados como cortesia. "O passageiro pode retirar no aeroporto de sua escolha, desde que tenha operações da companhia. Para reaver o objeto, o cliente deve comparecer ao departamento de Achados e Perdidos do aeroporto ou ao setor de bagagens da companhia’’, disse a empresa.

A Gol explicou que os clientes que esquecem objetos nas aeronaves devem abrir um registro no setor de reclamação - por meio do atendimento online ou pelo telefone 0800 704 0465. A companhia envia o item, quando identificado, para um aeroporto próximo ao cliente, mas ainda não possui serviço de recuperação dos objetos deixados no setor de Achados e Perdidos.

Serviço

Achados e Perdidos do Aeroporto Internacional Pinto Martins (Para recuperar o objeto, os clientes precisam se identificar e repassar detalhes sobre os itens)
Segunda à sexta, de 8h às 12h e de 13h às 17h.
Balcão de Informações
Telefone: 3392-1029/1030
E-mail: [email protected]

TAGS