PUBLICIDADE
Notícias

Policial civil cria campanha e filhotes abandonados em delegacia são adotados

A equipe do 12º DP faz cota e compra ração para a cadelinha que mora entre os veículos apreendidos

10:12 | 19/03/2016
NULL
NULL
Um policial civil do 12º DP, no bairro Conjunto Ceará, gerou uma campanha nas redes sociais para a adoção de três filhotes que estavam no entorno da unidade. A publicação tem o registro na semana passada e em menos de oito dias todos foram adotados. A repercussão foi tanta, que em menos de 24 horas já havia gente em busca dos filhotes.

Gleison Barros explica que uma cadela se tornou moradora da área onde ficam os automóveis apreendidos. Pelo menos quatro policiais fazem cotas semanais e compram a ração da cadela, que ainda nem tem nome.

 "Apareceram os filhotes dela e antes de falar com meus familiares resolvi publicar no grupo do bairro no Facebook (Conjunto Ceará Melhor). Teve uma moça que conversou comigo e outro rapaz que também adotou, foi ótimo", explicou animado.

Gleison se considera protetor de animais e tem nove gatos em casa. Ele diz que só não levou um dos filhotes para casa, pois a quantidade de animais lá já é grande. Na publicação ele comenta sobre o porte dos filhotes e faz o apelo. " Gente... três filhotes de cachorro de pequeno porte estão morando na rua, sob os carros apreendidos no pátio da delegacia do Conjunto Ceará. Quem quiser adotar é só me procurar na Delegacia (...)", comentou.

Além da cadelinha que fica no entorno, os policiais comentam que adotaram uma gata e que a iniciativa de zelar pelos animais não é de todos, mas os poucos que ajudam já fazem a diferença.

 “Preso”
 
[FOTO2]A estudante Larissa Félix, de 16 anos, adotou um dos filhotes. Ela explica que entrou no grupo do Facebook e ficou entusiasmada com a oportunidade.

A jovem comenta havia adotado um cachorro que estava abandonado na rua, mas como o animal era adulto, fugiu da residência. "Quando vi a postagem fui com duas amigas até a delegacia", relata.

 Como foi adotado na delegacia, o cãozinho ganhou o nome de "Preso". A jovem diz que o filhote se adaptou bem ao novo lar e que "Preso" só quer dormir na cama.
TAGS