PUBLICIDADE
Notícias

Ministério Público recomenda liberação de alimentos no show do Iron Maiden

Solicitação foi emitida nesta terça-feira, 22, e deve beneficiar pessoas com intolerância ou alergia alimentar

19:24 | 22/03/2016
NULL
NULL
Após a proibição da entrada de alimentos no show do Iron Maiden, o Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), por meio da Secretaria-executiva do Programa Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Decon) recomenda que a produtora Arte Produções libere a entrada de fãs com alimentos. Para isso, o consumidor deverá provar que não pode ingerir os produtos que serão vendidos no evento, em decorrência de problemas de saúde.
 
O documento foi emitido após a reclamação realizada por uma consumidora portadora de intolerância alimentar. A organização do show do Iron Maiden divulgou uma lista, em coletiva de imprensa, com artigos proibidos na entrada do evento. A entrada de alimentos foi vetada.

A secretária-executiva do Decon, promotora de Justiça Ann Celly Sampaio, explica que o consumidor deve comprovar a necessidade de levar o alimento com atestado médico que cite a intolerância ou alergia alimentar.

O Decon também encaminhou para a Arte Produções ofício solicitando informações para assegurar a proteção dos consumidores no show. A empresa deve informar ao DECON, até esta quarta-feira, 23, a quantidade de ingressos disponibilizados, os produtos que serão vendidos no evento com os respectivos preços e os fornecedores que prestarão serviço no show com documentação pertinente a atividade comercial. Caso não apresente as informações solicitadas, pode ocorrer interdição cautelar do evento,

Outras informações como sinalização de emergência, localização da prontidão de socorro, o Laudo de Viabilidade Operacional de Trânsito e o Certificado de Conformidade do Corpo de Bombeiros também foram solicitadas.
 Redação O POVO Online
TAGS