PUBLICIDADE
Notícias

Retirada de escombros de obra bloqueia acesso a avenidas até a próxima segunda-feira

A intervenção, realizada com o auxílio de três guindastes, deixou o trânsito congestionado nas avenidas Raul Barbosa e Murilo Borges, e entorno

10:47 | 27/02/2016
NULL
NULL

A retirada da estrutura que desabou no cruzamento das avenidas Raul Barbosa e Murilo Borges foi iniciada por volta das 6h20min deste sábado, 27, e poderá se estender até a manhã da próxima segunda-feira, 29.

Por conta do serviço, a avenida Raul Barbosa foi bloqueada no sentido Aeroporto - Aldeota, logo após o cruzamento com a avenida Murilo Borges. Os motoristas que seguem pela avenida Rogaciano Leite, no sentido Messejana - Washington Soares, não poderão convergir à esquerda na avenida Murilo Borges.

[FOTO2]

De acordo com Disraeli Brasil, chefe de operações da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC), 12 agentes estão distribuídos ao longo da via para auxiliar os motoristas. A operação deve continuar até ser concluído o serviço de retirada da estrutura da ponte.

Obras
Três guindastes realizam o trabalho de remoção da estrutura que ruiu na ponte sobre o Canal do Lagamar. O cidente aconteceu na última segunda-feira, 22. Um dia depois os serviços na ponte foram embargados pela Superintendência Regional do Trabalho e Emprego no Ceará (SRTE-CE).

O impedimento, no entanto, foi cancelado na sexta-feira, 26, após a construtora Ferreira Guedes, responsável pela obra, apresentar Projeto de Estabilização e Remoção da área.

A decisão surpreendeu Arquimedes Fortes, chefe de fiscalização do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção de Estradas, Pavimentação e Obras de Terraplanagem em Geral no Estado do Ceará (Sintepav-CE). "Nós estamos perplexos com a celeridade com a qual esse desembargo aconteceu”, disse ontem ao O POVO.

Segundo ele, o sindicato enviou dois ofícios para que tanto o trecho da ponte que desabou como todas as obras do local fossem embargadas. Os serviços nas outras frentes da obra já foram retomados pela construtora.

O acidente na ponte localizada na avenida Raul Barbosa provocou a morte de dois operários. Outros sete ficaram feridos, três deles precisaram ficar internados no Instituto Doutor José Frota (IJF).

O POVO Online procurou a Secretaria Municipal da Infraestrura para dar esclarecimentos sobre a retomada da obra e a remoção da parte danificada. A assessoria de comunicação do órgão afirmou que se pronunciaria por email, mas ainda não encaminhou nenhuma informação.

 

Redação O POVO Online com informações do repórter Rômulo Costa

TAGS