PUBLICIDADE
Notícias

Obra na avenida Raul Barbosa é retomada nesta sexta-feira

Após visita dos fiscais, durante o início desta tarde, o trecho do desabamento da ponte também foi liberado

14:40 | 26/02/2016
NULL
NULL

Atualizada às 16 horas

As obras de mobilidade no cruzamento das avenidas Raul Barbosa e Murilo Borges, que estavam paradas após desabamento da ponte sobre o Canal do Lagamar, foram retomadas na manhã desta sexta-feira, 26. O trecho do acidente que vitimou dois operários também foi liberado no início da tarde.

O chefe da fiscalização da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego no Ceará (SRTE-CE), Luís Alves, informou que a Ferreira Guedes já apresentou Projeto de Estabilização e Remoção da área. "O documento foi entregue na quarta-feira e está sendo analisado pelos fiscais, que vão programar uma visita ao local. O projeto deve garantir a segurança dos trabalhadores", destaca.

Após visita dos fiscais, durante o início desta tarde, o trecho foi liberado para retirada dos entulhos e prosseguimento da obra. "O documento é importante para evitar novos desabamentos ou incidentes", completa Luís Alves.

 

[SAIBAMAIS 3] O embargo determinado pelo Ministério do Trabalho valia apenas para o trecho da ponte, mas o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção de Estradas, Pavimentação e Obras de Terraplanagem em geral no Estado do Ceará (Sintepav) buscou impedir, durante a semana, os serviços nos outros trechos.

''Mesmo hoje só foram uns seis trabalhadores. Nós pedimos o embargo total, mas agora estamos aguardando a fiscalização do Ministério do Trabalho", disse chefe de fiscalização do Sintepav-CE, Arquimedes Fortes.

"Já pegamos apólice do seguro da empresa e a documentação das vítimas para dar entrada nos processos de indenização dos operários que morreu", completou o sindicalista.

Além da construtora Ferreira Guedes, vencedora da licitação da Prefeitura Municipal, estão envolvidas na execução da obra a SH Formas Andaimes e Escoramentos LTDA e a Rebar Service, empresa com vínculo com os operários em serviço na obra.

TAGS