PUBLICIDADE
Notícias

Em estado de greve, trabalhadores da Contax bloqueiam a Borges de Melo

Os funcionários estão em estado de greve por reajuste salarial. Avenida está bloqueada na altura do cruzamento com a rua Moreira Gomes

11:43 | 17/02/2016

Atualizado às 18h58min 

 

Trabalhadores de telemarketing da empresa Contax bloqueiam na manhã desta quarta-feira, 17, a av. Borges de Melo, na altura do cruzamento com a rua Moreira Gomes, onde fica uma das sedes da empresa. Os funcionários estão em estado de greve por reajuste salarial.

A Contax só estaria disposta a atualizar o valor em abril e de maneira não retroativa, afirma um funcionário da Contax que não quis ser identificado. O protesto deve continuar até que a empresa apresente uma nova proposta, afirmou a fonte. Os trabalhadores exigem um ajuste de 11,68% em cima do salário mínimo que recebem.

Os funcionários também discordam dos valores oferecidos no reajuste no vale-alimentação, do auxílio-creche. A empresa oferece um aumento de R$ 280 no abono salarial, mas o movimento afirma ser insuficiente sem o reajuste salarial, visto que o benefício não é, por exemplo, descontado no cálculo do benefício do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

 

Por meio de nota, a Contax informou que o processo de negociação coletiva com a categoria está em andamento. "A companhia reforça que mantém diálogo aberto com os seus funcionários e as entidades que os representam e reafirma seu empenho para que seja possível chegar a um acordo com a categoria no menor prazo possível".

 

Redação O POVO Online
TAGS