PUBLICIDADE
Notícias

Dois homicídios no Pici em cerca de 15 minutos

A SSPDS afirma que os dois crimes não estão relacionados. Um dos assassinatos ocorreu na rua em que se localiza a academia do sd Félix, morto também na sexta

14:49 | 13/02/2016
Além da morte do soldado Augusto Huebster Rabelo Félix, o bairro Pici registrou dois outros homicídios na sexta-feira, 12. Entre as 22h45min e as 23h, foram mortos a tiros João Victor Viana Dias, de 15 anos, e Reynaldo Martins de Oliveira, de 21.

Cerca de 1km separam as ruas Gaspar Lemos e Alagoas, locais onde, respectivamente, ocorreram as mortes. A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) afirma que os dois crimes não têm relação entre si. A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) ainda apura o que motivou os homicídios. Nenhum suspeito dos crimes foi preso até o momento.

Na rua Alagoas, está localizada a academia de propriedade do soldado Augusto Huebster Rabelo Félix, morto em latrocínio nesta sexta-feira. O policial se dirigia ao local quando foi abordado por uma dupla na rua Santo Amaro, também no Pici. Ao reagir, o soldado matou Bruno de Barros, de 21 anos, que praticava o assalto ao loado de Gabriel Alves de Lima, conforme a apuração policial.

Redação O POVO Online
TAGS