Uece ganhará árvore solar para alimentar bicicletas elétricasNotícias de Fortaleza
PUBLICIDADE
Notícias


Uece ganhará árvore solar para alimentar bicicletas elétricas

Os painéis carregarão as baterias das bicicletas que estiverem conectada a árvore durante o dia e, quando as bicicletas estiverem em uso, a árvore repassará a energia para a rede pública

09:24 | 05/01/2016
NULL
NULL

Atualizada no dia 7/1/2015 16h23min

Uma árvore solar, com um conjunto de dez painéis fotovoltaicos, será instalada no campus do Itapaery da Universidade estadual do Ceará (Uece), em Fortaleza. O projeto visa incentivar a utilização de meios de locomoção sustentáveis, bem como disponibilizar para os funcionários da segurança bicicletas elétricas, sem gerar consumo de combustível e nem emissão de gases poluentes. O projeto da ECO Soluções em Energia, em parceria com o Mestrado Acadêmico em Ciências Físicas Aplicadas da Uece, Incubadora de Empresas da UECE e a empresa PROJEC, está em fase de cálculos estruturais e será inaugurado no dia 8 de abril.

Segundo o coordenador cientifico do projeto na UECE e professor, Lutero Carmo de Lima, do Mestrado Acadêmico em Ciências Físicas Aplicadas da Uece, a iniciativa é inovadora no Brasil e servirá de experiência para comunidades e prefeituras.

“A empresa vai contar com produto testado e validado pela Universidade, com as partes científica e econômica já validadas", disse sobre a possibilidade de outras estações com uma árvore solar e bicicletar serem espalhadas pelo restante do campus e da cidade.

Funcionamento

Os painéis carregarão as baterias das bicicletas que estiverem conectada a árvore durante o dia e, quando as bicicletas estiverem em uso, a árvore repassará a energia para a rede pública, gerando créditos para a Uece utilizar posteriormente. A bicicleta com necessidade de carga à noite usará a energia da concessionária.

Além de fomentar a produção de conhecimento científico-acadêmico da Uece, graduandos e mestrandos poderão realizar testes computacionais e com o protótipo em escala reduzida. “A Uece ganha mais um objeto de estudo, que pode gerar vários desdobramentos acadêmicos como teses de mestrados e estudos técnicos, além de se tornar a pioneira na utilização de bicicletas elétricas e solares”, explica Geraldo Magela Moraes, arquiteto e sócio da empresa PROJEC Projetos e Consultoria em Engenharia, Arquitetura, e Meio Ambiente.

Redação O POVO Online, com informações do Governo do Estado
TAGS