PUBLICIDADE
Notícias

Mãe denuncia filho por envolvimento em crime que deixou sargento baleado

Cristian Nilton Nascimento da Silva, 20, foi capturado na noite desta quarta-feira, 27, no distrito de Jurema, em Caucaia, 15,8 km de Fortaleza

22:13 | 27/01/2016
NULL
NULL

Atualizada às 22h55min

A Polícia prendeu o quarto suspeito de participar da tentativa de assalto que deixou baleado o sargento da PM, José Eudes da Silva Monte, internado em estado grave no Instituto Doutor José Frota (IJF). Cristian Nilton Nascimento da Silva,  20, foi capturado na noite desta quarta-feira, 27, no distrito de Jurema, em Caucaia, 15,8 km de Fortaleza. Ele é considerado o autor dos disparos que atingiram a cabeça da vítima.

Segundo o capitão Ferreira, do 12º Batalhão da Poloícia Militar (BPM), a responsável por denunciar Cristian é a própria mãe. Ela teria reconhecido o filho em imagens divulgadas na TV. "Quando ele apareceu em casa, ela ligou para a Polícia para prender ele", comentou.

De acordo com o oficial, a viatura 1105 foi até a residência e o suspeito tentou fugir, mas foi preso na Avenida Dom Almeida Lustosa, onde foi conduzido à Delegacia Metropolitana de Caucaia (DMC) e em seguida ao 12º DP, onde é realizado o flagrante.

Uma força-tarefa foi montada na tarde desta quarta-feira, 26, e outros três suspeitos já haviam sido presos. Raquel Rodrigues Lima, 19, que já responde por adulteração de sinal identificador de veículo automotor, e Rogério dos Santos Rocha, 19, sem antecedentes criminais, foram presos em um condomínio na rua Guararema. Com eles, foram apreendidas roupas utilizadas na ação criminosa.

[SAIBAMAIS 2] A dupla confessou o crime e, no decorrer das buscas, a Polícia prendeu Raimundo Nonato de Sousa Barroso, 27, que já responde por roubo, crime de trânsito e contravenção penal, além de estar com um mandado de prisão em aberto. Segundo a SSPDS, ele é apontado como o responsável pela fuga dos suspeitos após o crime, em um celta de cor preta e placa HVK 2806, utilizado na ação e apreendido nesta tarde.

Redação O POVO Online com
informações da repórter Jéssika Sisnando
TAGS