PUBLICIDADE
Notícias

Guardas Municipais de Fortaleza decretam estado de greve

15:57 | 21/01/2016
Os Guardas Municipais de Fortaleza decretaram estado de greve. A decisão foi tomada em assembleia realizada na manhã desta quinta-feira, 21. Em nota publicada pelo Sindiguardas, sindicato da categoria, a entidade diz que a medida foi tomada porque os guardas não obtiveram respostas às demandas apresentadas à Prefeitura. O estado de greve da Guarda Municipal de Fortaleza vale até o próximo dia 5 de fevereiro, quando a categoria realiza uma nova assembleia para decidir se deflagra a greve. Caso isso se concretize, a paralisação ocorreria exatamente no período do Carnaval. "Desde o ano passado estamos apresentando os pontos que necessitam serem revistos, mas até hoje não obtivemos respostas. Também não há sinais de avanços nas negociações, portanto, a categoria decidiu decretar estado de greve", explica Jamal Forte, presidente do Sindiguardas. A categoria reivindica reajuste salarial além de melhores condições de trabalho como o fornecimento de novos fardamentos, equipamentos de proteção individual (EPI's) e o pagamento da Vantagem Pecuniária Reajustável (VPR) para os guardas empossados em 2015. De acordo com a assessoria da Secretaria Municipal de Segurança Cidadã (Sesec), tanto Francisco Veras, titular da pasta, quanto a diretoria da Guarda Municipal só irão se manifestar quando forem comunicados oficialmente pelo Sindicato a respeito do estado de greve.
TAGS