PUBLICIDADE
Notícias

Carnaval: Variação de preços em hospedagem chega a 300% em uma mesma região do Estado

Essa variação foi constatada na região serrana, onde quatro diárias na Serra de Ubajara podem sair por R$600, enquanto na cidade próxima de Guaramiranga chega a R$2.400

17:29 | 18/01/2016

Seja na serra, nas praias ou no sertão, há sempre quem deseje viajar no Carnaval. Para os que vão arrumar as malas antes de cair na folia, é importante estar atento aos preços das hospedagens aplicadas nos quatro dias de período momino para economizar alguns trocados. O Procon de Fortaleza realizou uma pesquisa em 67 opções de pousadas e hotéis em 19 cidades do Ceará e constatou variações de preço significativas para hospedagem nos quatro dias de Carnaval.

A diferença de hospedagem para uma mesma região do Estado pode chegar até a 300% entre os dias 6 e 10 de fevereiro. Essa variação foi constatada na região serrana, onde quatro diárias na Serra de Ubajara podem sair por R$600 enquanto na cidade próxima de Guaramiranga chega a R$2.400. Esse valor é superior até mesmo aos aplicados em hotéis cinco estrelas na Capital.

No Litoral Leste, as hospedagens variam 242%. A mais barata fica por R$700 e a mais cara R$2.400. Do outro lado, no Litoral Oeste, a variação é de 212%, ficando entre R$1.120 e R$3.500.

As menores variações foram observadas na Capital. Para hotéis cinco estrelas, a variação é de apenas 25,17%. Quem deseja pagar um pouco a mais por um quarto de luxo, desembolsará entre R$1.716 e R$2.148. Para hotéis quatro estrelas da Capital, a variação é de 22,58, enquanto nas pousadas a variação é de 109%.

Segundo a diretora do Procon Fortaleza, Cláudia Santos, a pesquisa é uma forma de facilitar a vida do consumidor que preferir ficar no Ceará ou de quem chega e procura opções de hospedagem. "Nossa cidade vem se destacando durante o período de Carnaval como destino turístico, e estamos auxiliando quando informamos ao consumidor uma pesquisa com opções para todos os gostos", comentou.
 

A pesquisa do Procon foi feita entre os dias 13 e 14 de janeiro. Foram coletados dados de quartos para duas pessoas, modalidade standard e ainda chalés, nas regiões norte, sertão central, centro-sul, serra, litorais leste e oeste. Também estão inclusos hotéis na Capital com cinco ou quatro estrelas, além de pousadas.

 

Segundo o Procon, a pesquisa foi feita por telefone e pela internet buscando três ou quatro hotéis de cada região. O órgão informa ainda que, nas variações de preços, devem ser levadas em consideração a estrutura dos hotéis e pousadas, bem como a comodidade ofertada pelas hospedagens (quartos), se incluem serviços de ar refrigerado, wi-fi, vistas panorâmicas, modelos de aparelhos de TV (LED, LCD ou convencional) e ainda alimentos inclusos no café da manhã.

 

Maiores variações
Serra - 300,00%
Litoral Leste - 242,86%
Litoral Oeste - 212,50%
Sertão - 211,11%
Cariri - 152,17%
Capital Pousadas - 109,52%
Região Norte - 73,08%
Capital 5 estrelas - 25,17%
Capital 4 estrelas - 22,58%
 

 


 

 

Redação O POVO Online

TAGS